target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

“OS MISTÉRIOS DA COROA” (Nancy Bilyeau)

— “A lenda é verdade” – sussurrei. – Quer dizer que existe uma lenda relacionada à coroa?
O semblante do bispo empalideceu.
— Sim. E uma profecia também. Uma profecia de grande recompensa, mas não sem um grande risco. É ao mesmo tempo uma bênção e uma maldição. A coroa, irmã Joanna, tem um poder que nunca foi liberado, pois se fosse, mudaria a vida de todos os homens, mulheres e crianças da Inglaterra… e mais além.
Pág. 107
~~~~*~~~~
Na Inglaterra da década de 1530 – após o rei Henrique VIII romper com o Vaticano e fundar a Igreja da Inglaterra – o país enfrenta tempos de dissensão. Aqueles que não seguiam a religião predominante do país eram condenados e executados por alta traição.

Em maio de 1537, Lady Margareth Bulmer teria o mesmo destino… Acusada por incitar rebeliões contra seu soberano, Margareth foi condenada à fogueira.

Ao descobrir que sua prima e amiga de infância fora condenada por Henrique VIII e seria queimada em praça pública, a noviça Joanna Stafford viola as regras de clausura de sua ordem e foge do Priorado de Dartford para assistir à execução e reivindicar o corpo. Ela não permitiria que sua amada prima morresse sozinha e sem nenhum membro da família para lhe dar um enterro digno.

Para seu espanto, ela encontra seu pai no local da execução, que tinha ido até lá no intuito de amenizar o sofrimento de Margareth. Presos por interferir na justiça do rei, Joanna e seu pai são enviados para a Torre de Londres.

Após dois meses de encarceramento, Joanna recebe a visita de um notório clérigo. O inescrupuloso Stephen Gardiner – bispo de Winchester – toma providências para forçar Joanna a trabalhar em seu favor. Joanna deveria encontrar uma antiga relíquia – uma poderosa coroa de um rei saxão – que supostamente fora escondida no priorado onde vivia. 
Acompanhada por dois frades, Joanna retorna para Dartford com intuito de cumprir sua missão. Mas seu antigo lar não é mais o mesmo, entre as paredes do priorado um inimigo desconhecido pode estar a espreita. Irmã Joanna se vê em meio a uma rede de mentiras e intrigas cujo objetivo é alterar definitivamente o futuro da Inglaterra.
~~~~*~~~~
Os Mistérios da Coroa – estreia da autora americana Nancy Bilyeau – é um thriller histórico sensacional.
Como pano de fundo, temos os conflitos religiosos que atingiram a Inglaterra do século XVI. Após romper com o Vaticano, o rei Henrique VIII funda a Igreja anglicana da Inglaterra. O resultado foi o movimento de Reforma que rejeita a autoridade papal, o que precipitou na dissolução de mosteiros, conventos e na perseguição de católicos que se recusaram a jurar obediência à nova igreja. O leitor consegue vislumbrar o nascimento do protestantismo na Inglaterra. É sob esse cenário que somos levados em uma aventura em busca de uma misteriosa relíquia.

Apesar de ser um romance de época – cujo detalhamento é algo imprescindível – Nancy Bilyeau conferiu à narrativa uma agilidade impressionante. Em nenhum momento fiquei entediada. A autora escreve com desenvoltura, porém sem tornar a trama rasa em demasia. É claro que por ser um suspense, o embasamento histórico não é tão aprofundado, mas é o suficiente para estruturar o enredo no período retratado.

O fundo histórico sobre a Inglaterra enriquece a trama, mas não é o foco da ação. A história é centrada na vida da noviça Joanna Stafford e sua busca pelos segredos de uma relíquia desaparecida. Mesmo assim, os breves relatos sobre a família Tudor foram bem interessantes. Conheci um lado de Henrique VIII que ignorava…. ele foi um rei licencioso e, de certa forma, insensível. Quem nunca ouviu falar dos sucessivos casamentos de Henrique VIII? As três primeiras esposas – Catarina de Aragão, Ana Bolena e Jane Seymour – são as que eu conhecia, mas o rei teve seis esposas no total. Eu já havia lido um pouco da história, mas tive o prazer de conhecer melhor os meandros e as consequências políticas dos atos de Henrique VIII.

Joanna é uma protagonista carismática, retratada de forma adequada à época. Apesar de sua decisão impetuosa no início do livro, os atos de Joanna não são uma forma de oposição ou rebeldia. Ela age por amor e lealdade. Ao lado de irmã Joanna, acompanhamos o conflito que a protagonista enfrenta quando sua fé pela igreja católica é colocada em xeque pela política.
Com exceção do frade Edmund, confesso que os outros personagens não se destacaram.

Estranhei o desfecho do livro, pois a autora deixou o futuro dos personagens em aberto. Entretanto, para minha felicidade, uma continuação será publicada em 2013. Eu sei que ninguém aguenta tantas séries, mas quando a história é boa e o autor escreve bem, eu não me incomodo de ler um livro a mais. rsrs

Ansiosa para ler The Chalice, sequência de Os Mistérios da Coroa. Espero que não demore muito para ser publicado por aqui.
Para quem adora suspenses históricos, Os Mistérios da Coroa é leitura obrigatória.

Bilyeau, Nancy. Os Mistérios da Coroa. Arqueiro, 2012. 384 p. (Os Mistérios da Coroa, Vol. 1)

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL