target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 19 de outubro de 2016

“DESTINO: INFERNO” (Lee Child)

“Ficou deitado lá, sentindo-se como uma bomba-relógio sendo transportada bem para o centro nervoso do território inimigo. Sentiu a inundação de ódio e vibrou com ela, e a saboreou, e a acolheu.”
~~~*~~~
Sinopse:

Uma rua movimentada de Chicago na ofuscante luz do meio-dia. Jack Reacher está caminhando sem destino. Holly Johnson, uma jovem atraente e atlética, carregando cabides, atrapalhada com seu par de muletas, está visivelmente precisando de uma mãozinha. É claro que ele se oferece para ajudar a pobre moça. Mas o que Reacher encontra é uma arma apontada diretamente para sua barriga.
Trancado num furgão escuro e sufocante, atravessando os EUA a toda, preso à mulher, Reacher não faz a menor ideia do motivo de estar nessa terrível situação. Os sequestradores não dizem nada. Holly alega ser uma agente do FBI e é durona o bastante para ser verdade.
Os dois parecem totalmente confusos, sem ter a mínima noção da direção que seguem e, o pior, sem ter a mínima noção de por que seguem. No caminho, porém, vão se conhecendo e descobrindo que o destino pode ser muito mais cruel do que um dia imaginaram.
Agora, reféns de um grupo de milicianos e de seu líder, um homem violento e sem escrúpulos, precisarão sobreviver ao mais terrível pesadelo de suas vidas. Será que a vigorosa coragem de ambos dará conta do inferno que está por vir?
~~~*~~~

Destino: Inferno é o segundo livro da série protagonizada por Jack Reacher. A série é maravilhosa, um prato cheio para quem adora um bom thriller. Repleto de ação e surpresas. Um ex-investigador militar, que foi treinado entre os melhores. Jack é pura adrenalina e força física bruta. Porém, não é só uma máquina de matar, ele é inteligente, perspicaz, e possui uma sensibilidade sutil, mas capaz de conquistar qualquer mulher.

A narrativa de Child é enxuta, com frases curtas e diretas. A falta de ”floreios” na escrita é uma característica que combina com a personalidade de Jack Reacher... Quieto, de poucas palavras, meio bicho grilo até. Tem um “que” de Rambo… ex-militar, andarilho que não cria raízes e faz questão de ficar fora dos “radares”.

Em Destino: Inferno, Jack acaba se envolvendo, mais uma vez, em uma baita confusão. Holly Johnson, uma agente do FBI, é alvo de um sequestro e Reacher acaba sendo levado junto com a jovem. Como um capricho do destino, ele estava no lugar errado, na hora errada e decidiu ajudar a mulher errada… 

Bem… parece que ele é um imã para problemas. Mas no final, invariavelmente, quem sempre acaba se arrependendo de ter mexido com Jack são os bandidos. rsrs Esse segundo livro consegue ter ainda mais ação que o primeiro!
A princípio, as circunstâncias que envolvem Jack e sua companheira de cativeiro parecem impossíveis de serem resolvidas de maneira pacífica. Mas isso já era esperado, se não houver muito tiro, explosões e destruição, com certeza você não está lendo um livro com Jack Reacher.

Na primeira metade do livro, a trama se desenrola com Jack e Holly sendo transportados na traseira de uma van. Enquanto não chegam a seu destino final, eles passam por uma fase de reconhecimento de campo. Ambos, ao mesmo tempo que tentam conhecer mais sobre o outro, escondem quem realmente são. Então, nesse início, acompanhamos um jogo entre os personagens. Mas tanto Jack quanto Holly possuem um objetivo em comum, saber quem são seus sequestradores e quais seus objetivos.
Na segunda parte da história, quando Jack e Holly chegam em seu cativeiro definitivo, a trama passa a ter uma atmosfera mais inquietante. Nos deparamos com um grupo de pessoas obsessivas e que vivem fora da realidade. E lidar com criminosos claramente instáveis e cruéis, causa apreensão. Achei esse aspecto muito criativo e empolgante. Conferiu um ar mais mórbido à trama. Entretanto, achei que o autor enrolou um pouquinho para dar um desfecho. Jack, sendo quem é, demorou demais para encontrar uma solução. As sucessivas tentativas de fuga e fracassos começaram a me entediar.

Porém, quando achei que isso não ia mais ter fim, a ação volta com força total. E, em meio a essa turbulência toda, Jack e Holly acabam se envolvendo romanticamente. Um bônus para arrancar alguns suspiros das fãs de Jack Reacher.
Mas nem tudo são flores, eu gostaria que Lee Child caracterizasse melhor seus personagens. Ele quer deixar Jack Reacher tão enigmático que acaba pecando pela falta de detalhes sobre sua personalidade e motivações. Espero, sinceramente, que com o avançar da série o autor amadureça sua escrita e nos mostre realmente quem são seus personagens.

Enfim, Destino: Inferno é diversão garantida! Muita perseguição e reviravoltas para os fãs de thrillers que mesclam suspense, ação e uma pitada irresistível de romance. 

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL