target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quinta-feira, 30 de julho de 2009

"OS CONTOS DE BEEDLE, O BARDO" (J.K.Rowling)

Confesso que tenho um fraco pelas capas dos livros, já me decepcionei muito por causa disso, mas quando vi Os contos De Beedle, O Bardo fiquei apaixonada, parecia que estava com uma relíquia em mãos e logo me imaginei abrindo um exemplar antigo cheio de histórias de magia, com fadas e duendes, mas não se assustem porque não há fadas, nem duendes... fui eu que viajei na capa do livro.
Inicialmente foram feitos sete exemplares para presentear amigos, escritos e ilustrados à mão pela pela própria
Rowling e reúne cinco contos de fadas dos bruxos. Para aqueles que acompanham a série Harry Potter, Os contos De Beedle, O Bardo é aquele livro que o mestre Dumbledore dá de presente para Hermione em as "Relíquias Da Morte."

Os Contos:
1) " O bruxo e o Caldeirão Saltitante"-Conta a história de um mago bondoso que usava a magia em beneficio de seus vizinhos, porém não revelava a fonte de seus poderes e fingia que suas poções saiam já prontas de um velho caldeirão a que ele chamava de panelinha da sorte.
Logo, o velho bruxo morre e seu filho encontra o caldeirão com um único pé de pantufa e um bilhete dizendo "Eu carinhosamente desejo, meu filho, que você nunca precise disto."Bem.. como seu filho não é nada parecido com o gentil mago as coisas começam a se complicar. Irritado o jovem bruxo decide usar o caldeirão como lixeira e quando os vizinhos começam a pedir sua ajuda para resolver seus problemas, ele se nega. Então um pé de latão brota do caldeirão e este passa a saltitar fazendo muito barulho e seguir seu novo dono para onde quer que lhe fosse, porém não é só isso, o caldeirão também fica com os problemas que ele se negou a ajudar, se enche de verrugas, zurrar como um jumento e a chorar transbordando de lágrimas. Então cansado por não conseguir dormir e atormentado pelo caldeirão, o mago se rende e pede para que todos da cidade venham com seus problemas para que ele possa resolve-los. E assim os problemas do caldeirão se acabam e seus passos abafados calçando o pé de latão com a pantufa.

2) " A Fonte Da Sorte"- Em um jardim encantado protegido por magia jorrava uma fonte da sorte. Uma vez por ano um único
desafortunado recebia a oportunidade de competir para se banhar na fonte. Três bruxas se encontravam junto a multidão e contaram seus problemas uma às outras, Asha sofria de uma enfermidade, Altheda teve seus bens roubados, Amata sofria pelo amor de um homem e elas combinaram que tentariam chegar a fonte juntas.
Durante a confusão para entrar no jardim, uma se agarrou à outra e a terceira se enredou a um cavaleiro, foi quando as plantas rastejantes puxaram as três bruxas para dentro dos muros e o cavaleiro acidentalmente foi com elas.
Então, ao tentarem chegar até a fonte, encontraram obstáculos e para atravessa-los precisavam resolver os enigmas propostos, porém ao chegarem na fonte as bruxas perceberam que seus problemas haviam sido resolvidos juntamente com os enigmas e permitiram que o pobre cavaleiro se banhasse na fonte e assim viveram longa vida sem nunca suspeitar que a fonte não possuía poder algum.

3) "O Coração Peludo Do Mago" - Um jovem mago rico, ao ver como seus amigos se tornavam tolos ao se apaixonarem, decide usar da magia para evitar apaixonar-se algum dia. Com o passar dos anos seus amigos se casam e seus pais morrem, porém não se sente triste e sim abençoado.
Ao ouvir a conversa entre dois criados, um dizia que sentia pena e o outro desdém por por um homem rico ainda ser solteiro, o jovem mago decide se casar, porém a noiva deveria ser especial, a mais bela, rica e talentosa. No dia seguinte encontra a noiva perfeita e convida ela e sua família para um jantar e à mesa a donzela diz que gostaria mais do mago se ele demonstrasse que tem coração.
O mago a conduziu até a masmorra, onde guardava seu maior tesouro, em uma caixa de cristal havia um coração atrofiado e peludo por estar a tanto tempo longe do peito de seu dono. Aterrorizada a donzela lhe pede para devolver o coração a seu devido lugar para que ele possa conhecer o verdadeiro amor. Vendo que era necessário para agrada-la o mago devolve o coração a seu peito, mas o coração já estava corrompido e tinha se tornado perverso.
Após um longo tempo os convidados foram a procura do dois e ao chegarem na masmorra encontraram a donzela morta com seu peito aberto e o mago lambendo em suas mãos um reluzente coração, jurando que iria troca-lo pelo seu.
Esse conto é de arrepiar !!

4)
Babbitty, a Coelha, E Seu Toco Gargalhante - Há muitos anos, um rei tolo decide que só ele deveria ter poderes mágicos e formou um exercito de caçadores de bruxos. Ao mesmo tempo, anunciou que estava a procura de um instrutor de magia, porém nenhum bruxo ousou se candidatar.
Um charlatão, sem conhecimento algum de magia, viu aí uma oportunidade de ganhar dinheiro e se apresentou ao rei, executou alguns truques e foi nomeado Grande Feiticeiro-Chefe.
Babbitty, a lavadeira do castelo, observava o charlatão e o rei tentarem fazer magia com dois pequenos galhos de árvore. Certa manhã quando o rei e o charlatão faziam floreios com suas varinhas, babbitty se pôs a rir com tanto gosto que o rei se indignou. Cansado de praticar o rei anunciou para o charlatão que na manhã seguinte se apresentaria a convidados como mágico.
Aproximando-se da janela da lavadeira, viu que ela era uma bruxa, pois com uma varinha movia os
objetos em sua casa. A velha concordou em ajuda-lo e durante a apresentação do rei realizava as mágicas por ele de trás de uma moita. Foi então que alguém pediu para que o rei ressuscitasse um cão morto. O rei tentou, sem saber que mágica nenhuma é capaz de ressuscitar os mortos. Ao ver que o cão continuava imóvel os nobres começaram a rir do rei e este se voltou contra o charlatão.
Como ultimo recurso o charlatão apontou para a moita onde a velha estava escondida e a acusou de estar bloqueando a magia do rei. Ela foge e depois desaparece, achando que transformara-se em uma árvore o rei manda derruba-la e então o toco começa a falar.
"Tolos! Bruxos não podem ser mortos rachando-os ao meio, se não acreditam peguem o machado e cortem o Grande Feiticeiro ao Meio"!
Logo se apressaram a fazer a experiência, mas quando levantaram o machado, o charlatão se pôs de joelhos e pediu
misericórdia revelando toda a verdade e sua maldade.
O toco cacareja novamente e ordena que uma estátua de
Babbitty seja colocada sobre ele para lembrar o rei de sua “própria tolice".
Quando os jardins se esvaziaram uma velha
coelha saiu de entre as raízes da árvore com uma varinha entre os dentes e nunca mais os bruxos foram perseguidos naquele reino.

5) O Conto Dos Três Irmãos - Três irmãos caminhavam por uma estrada deserta ao anoitecer, a certa altura, chegaram a um rio muito fundo para se atravessar. Usando de magia fizeram aparecer uma ponte sobre o rio.
Quando se encontravam no meio da ponte a "Morte" apareceu para eles zangada por ter perdido três novas vidas.
Astuta a morte fingiu felicita-los por sua magia e concedeu um prêmio a cada um deles.
O mais velho, que era combatente pediu uma varinha mais poderosa do que todas ,digna de um bruxo que derrotara até a morte, a morte então fabrica a varinha de um galho de sabugueiro.
O segundo irmão, arrogante, pediu poder para restituir a vida dos mortos e a morte lhe entrega uma pedra com tal poder. Então, o terceiro irmão, humilde e que não confiou na morte pediu algo para sair desse lugar sem ser seguido por ela e a morte lhe entrega a própria capa.
O primeiro irmão viajou por uma semana ou mais e encontrou um outro feiticeiro com quem tinha desavenças, após vencer o duelo foi gabar-se em uma estalagem de sua poderosa varinha e enquanto dormia bêbado outro bruxo roubou sua varinha e cortou-lhe a garganta.
O segundo irmão foi para casa, pegou a pedra e a girou três vezes na mão,
instantaneamente uma moça com quem desejava se casar antes de sua morte, apareceu em sua frente. Mas ela estava fria e triste, seu lugar não era ali, então desesperado matou-se para se unir verdadeiramente a ela.
O terceiro irmão não foi encontrado pela morte durante muitos anos, quando já estava velho despiu-se da capa e a deu a seu filho. Então acompanhou a morte de bom grado e partiu dessa vida.

Bom... são só resumos, os contos são bem maiores e muito mais detalhados e após cada conto há um comentário de "Alvo
Dumbledore", que explica o significado e a moral da história para os bruxos, lembrem-se que não são contos para Trouxas.
O livro é pequeno, eu o li em 40 minutos, mas é repleto de gravuras e todas as páginas possuem pequenas ilustrações em sua margem, é bem bonitinho.

Os direitos autorais serão doados ao Children's High Level Group, para ajudar crianças que estão no sistema e necessitam desesperadamente de uma voz.
Por isso comprem o livro.

3 comentários:

  1. Oi Hérida....

    Tá dificil deixar comentários...
    Acho que seu blog está com algum problema na configuração dos comentários... pois vc pede para que seja feita a verificação de palavras... mas o lugar para digitar não aparece... a tela no rola e o lugar fica muito embaixo, se tirar a verificação o problema deve ser resolvido por enquanto... daí vc pode procurar onde corrigi-lo... eu sinceramente não sei arrumar... se não fui muito clara ou quiser mais detalhes... me manda um e-mail d.lauton@bol.com.br

    beijos,
    Dé...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  2. Olá Débora !
    Obrigado pelo aviso,já retirei a verificação de palavras.
    beijos
    Hérida

    ResponderExcluir
  3. A capa realmente está maravilhosa, vou ler esses contos, obrigada pelo link !
    Bjs !

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL