target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

terça-feira, 22 de setembro de 2009

"O MAPA DOS OSSOS" (James Rollins)


"E tendo nascido Jesus em Belém...eis que uns magos vieram do oriente a Jerusalém."
"E vendo eles a estrela, alegraram-se muito...

"E entrando
na casa, viram o menino, com Maria sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e abrindo os seus tesouros, lhe ofertaram dádivas: ouro, incenso e mirra".(Mt-2:1;10;11).

Quem nunca ouviu falar nos três Reis magos bíblicos? Melquior, Baltasar e Gaspar... eram seus nomes, e segundo a narrativa cristã, visitaram Jesus após seu nascimento. As escrituras diz apenas "Magos", portanto não seriam Reis e necessariamente três, mas o número está relacionado aos presentes oferecidos: ouro, incenso e mirra.

Agora... imagine uma trama misteriosa em torno destas pessoas. Vou arriscar dizer que é ... empolgante!

O Mapa Dos Ossos é o primeiro livro publicado no Brasil da "Força Sigma", mas que na realidade é o segundo volume da série. Um triller que não consegui largar antes de ler a última frase.
Rollins usou ciência, intriga religiosa e teorias da conspiração para criar uma aventura original, bem estruturada, com apoio histórico e um toque de humor. Uma combinação irresistível de ficção e realidade.

****
Em uma catedral em Colónia, Alemanha, estão guardados os ossos dos Reis magos, relíquias sagradas depositadas em um relicário de ouro. Durante uma missa celebrada à meia noite, um grupo disfarçado de monges, tomam de assalto a catedral e roubam os sagrados ossos. Porém, estranhamente todos os fieis que comungaram morreram de forma estranha e os outros foram mortos a tiros.
Houve apenas um sobrevivente que observou um estranho símbolo nas roupas dos assassinos: um dragão com a própria calda enrolada em torno do pescoço. Este é o símbolo da Corte Do Dragão, uma antiga e secreta irmandade, uma espécie de seita que através da corrupção está infiltrada em vários órgãos governamentais e correm em busca de um segredo que os levará à chave do poder.

O Vaticano solicita a colaboração da Força Sigma, um grupo armado do departamento de defesa americano, que em conjunto com Rachel Verona e seu tio Padre Vigor, formam uma equipe de cientistas, historiadores e soldados que irão investigar este mistério.
A equipe Sigma vai à caça da Corte do Dragão, mas para isso deve desvendar os segredos por trás das mortes e qual o objetivo da irmandade. Segue pistas que remontam a história desde Moisés e o "maná" que alimentou seu povo, até Alexandre "O grande" e as sete maravilhas do mundo, além de um generoso passeio por catedrais góticas europeias e segredos escondidos pela Igreja católica.

Mas por que levar somente os ossos e não o valiosíssimo relicário de ouro?
Por que assassinar cruelmente os fieis?
Os mortos pareciam eletrocutados...mas como?
Por que somente os fieis que comungaram morreram de forma estranha e misteriosa?
As hóstias sagradas estavam envenenadas...com o quê?

A tentativa de responder a essas perguntas leva nossos aventureiros a uma montanha russa de acontecimentos.
****

O líder do grupo é Gray Pierce, um homem forte, perspicaz, que assume a responsabilidade pelo bem-estar de seus homens... "ele aguenta o tranco".
O comandante Pierce é delicioso. "Tudo de bom"

Rachel Verona é Tenente do Corpo de Canabiere, departamento de policia de Roma responsável pela Tutela do patrimonio cultural. Rachel é culta, pós graduada em Psicologia e História da Arte, com aparência frágil, porém valente e obstinada em sua função.
Há um romance, melhor... um flerte entre Rachel e Gray, os dois trocam olhares, suspiros e alguns toques e abraços protetores, mas o livro termina e o envolvimento deles fica em suspenso.
Só lendo a continuação para saber, estou louca de curiosidade.

O Padre Vigor é diretor do Instituto Pontifício de Arqueologia Cristã no Vaticano, um homem elegante, gentil, educado, com profundo conhecimento de história e arqueologia, que ao longo do livro nos dá uma verdadeira aula.
Ele é um" gentleman", um personagem que desperta carinho, mas exala uma certa sensualidade. Calma ...eu sei que ele é padre, mas é tão fofo! E no fim você sente saudades do Padre Vigor.

A corte do Dragão é um personagem à parte, surpreendendo e espreitando o grupo da Sigma, está sempre um passo a frente de Gray Pierce. São inteligentes, munidos da mais alta tecnologia e com aliados em todos os cantos possíveis.
O responsável pela busca da chave do poder é Raoul, um homem mau, que gosta e sente prazer em torturar e matar e que por incrível que pareça... tem uma ligação com Rachel Verona.
Não vou estragar a surpresa!

Com uma narrativa ágil, muito bem ambientada e descrita, viajei com a Força Sigma na corrida contra o tempo em busca de segredos milenares. Escrito com inteligência e desenvoltura, está repleto de suspense e ação, em nenhum momento experimentei uma leitura tediosa.

A trama é complexa e com certeza só dei um vislumbre da história. Leiam que vale muito a pena!


Rollins, James.O Mapa dos Ossos. Ediouro, 2006. 496 p. (Força Sigma. Vol. 2)

8 comentários:

  1. É ótimo, não é!!!!
    Eu amo esta trilogia!!! O segundo livro, A Ordem Negra, é ainda melhor, acredite!!!!
    Estou com o último aqui para ler, aguardando a vez na fila!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Parece ser ótimo, a descrição me lembrou da série 'cavalo de troia' com certeza lerei essa série que parece ser tão boa,vou anotar a dica para comprar futuramente.
    Bjoo =)

    ResponderExcluir
  3. Alê!
    Eu adorei!
    Não conhecia a série, comprei porque estava em promoção no submarino.

    Barbara: Eu acho que a série se parece mais com o "Código da vinci" do que "Operação cavalo de tróia". Mas leia e depois me conta o que achou.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Adoro trilogias, ainda mais assim, empolgante!!! Vai pra listinha!!!

    ResponderExcluir
  5. Agora que li o teu post fiquei mega curiosa para ler essa história. Me pareceu muito legal. A descrição também lembra um pouco o livro "Atlantis", a diferença é que esse começa muito bem e acaba se perdendo no meio.
    bjos

    ResponderExcluir
  6. 1) Droga, mais um livro que eu quero! =D
    2) Se você gosta de rockabilly e mora em São Paulo, o lugar pra ir é o The Clock Rock Bar.
    www.theclock.com.br
    3) O livro que eu falei no meu blog é o Menino Prodígio do Crime, sim.
    4) Mesmo quando eu não comento eu leio o seu blog!!

    hehe

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Carla martins: Leia sim, é muito prazeroso!!

    Andréa: Não sei dizer se lembra Atlantis... nunca li,ninguém recomenda.

    Mulher Atomica:Gostaria de saber seu nome.rsrs
    Obrigado pela dica do bar.

    Bjs a todas!

    ResponderExcluir
  8. Hérida...vim agradecer a visita e dizer que soul love é bom sim....e me deparo com essa resenha que nao li pois só lerei apos ter lido o livro...e fiquei felicissima de ele ser tão bom assim pois quando li a palavra empolgante tive certeza q nao me arrependerei de ter comprado a triologia q esta aguardando pra ser lida na minha estante, pois a comprei a uns 2 meses....heeeee....beiokas elis

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL