target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

segunda-feira, 28 de junho de 2010

"O DEUS DE BRONZE" (Jenny Loring) - Maratona de Banca

Ao chegar na ilha Ransome's Cay, após um casamento infeliz, uma jovem mulher pensou que teria apenas um recomeço profissional. Não esperava nada além de trabalho árduo e paz naquele lugar paradisíaco. Mas o que ela encontrou foi um homem, de pele bronzeada e de olhar misterioso e penetrante, que acendeu o fogo da paixão que ela pensou ser incapaz de sentir novamente. Conheça mais um romance de banca que é um primor.

****

Ali estava Ransome's Cay, a "sua" ilha!
Mesmo depois de investir todo seu dinheiro naquela ilha, Allison Hill ainda não acreditava que aquele território lhe pertencia. Após o susto de ter recebido Ransome's como herança de seu ex-marido, ela estava disposta a não deixar ninguém privá-la dessa satisfação. Ninguém!
O sol mal tinha raiado, e Allison já estava se banhando na água fria e revigorante da pequena cachoeira na angra de Buttonhook. Enquanto saia para pegar uma toalha percebeu um movimento inusitado. Olhando melhor...sentiu-se hipnotizada pela visão que surgiu diante de seus olhos.
Seria um homem de verdade ou uma obra-prima de Michelangelo?

Ela esfregou os olhos, mas a criatura continuava a se aproximar, cavalgando um esplêndido garanhão. Perdida na admiração daquela cena, Allison se esqueceu de que estava nua. O homem baixou o olhar para seu corpo de forma indolente, e só então Allison caiu em si.
Deveria estar furiosa com aquela intrusão, no entanto....ficara se imaginando na garupa do cavalo, colada às costas bronzeadas do cavaleiro, os braços enlaçando-lhe a cintura.

Mas aquele homem não era nenhum Deus de Bronze esculpido por mãos humanas. Ele era, Burke Ransome, o primo de seu falecido marido, e ele estava ali para tomar-lhe a ilha. Ele se dizia o verdadeiro dono de Ransome's Cay, e não estava disposto a dividi-la com mais ninguém.
Allison se revoltou, e por mais que tentasse não conseguiu expulsá-lo dali. Ela teria que enfrentar uma dura realidade - ele reivindicaria a posse da ilha, e se ela quisesse permanecer teria que lutar contra seus desejos mais secretos. Mas isso se mostrou impossível, Allison não conseguiu resistir ao olhar sedutor de Burke, e quando se deu conta já estava completamente apaixonada.
Porém, a situação ficaria ainda pior, ela não imaginava que a cobiça, o ciúme e a traição estavam prestes a invadir sua vida. Sua ilusão de uma vida perfeita iria ruir como um castelo de areia. Allison estava correndo o risco de perder tudo... o homem que amava, a ilha e principalmente seus sonhos.

****

Estou surpresa com os livros de banca que estou lendo, não sei se estou com sorte, mas todos os livros que li este ano são muito bons. O Deus de Bronze foi o livro que escolhi para o mês de julho na Maratona de Banca, e ele também superou minhas expectativas. Não estava muito animada, afinal, várias pessoas me disseram que os livros da série Julia são fraquinhos. Talvez aí é que esteja a diferença...eu escolhi um "Super" Julia. rsrsrs
Não encontrei uma história fraca, pelo contrário, o livro não aborda somente o romance dos protagonistas, ele explora traição, preconceito, cobiça, orgulho, sacrifício, e também o amor. Não achei o livro Hot, mas as cenas de amor são lindas, sensuais e picantes. Foi justamente a gama de assuntos apresentados no livro que deixou a história rica e uma delícia de ler.
Os personagens são bem trabalhados, o ambiente é descrito com detalhes e a história cheia de reviravoltas. Depois de iniciar a leitura não consegui largá-lo, li em uma sentada.
Mas há um único porém, achei o desfecho da trama um pouco corrido. Os personagens estão evolvidos em uma trama de intriga e traição complexa, mas no final tudo se resolve rápido demais.
Não sou entendida, mas talvez o livro tenha sido editado. Não acredito que a autora tenha se dedicado a escrever uma história bonita e cheia de detalhes, para depois finalizar de forma corrida e superficial. A diferença de páginas entre o exemplar original em inglês e a versão que eu tenho é muito grande...exatamente 184 páginas a menos. Tirando o fato do livro ter sido mutilado, O Deus de Bronze é bom e gostoso de ler, eu só fico imaginando o quanto a história deve ser ainda melhor e como será o real desfecho da trama. É uma pena!

Leia sem medo "O Deus de Bronze", e tenha agradáveis momentos durante a leitura.

9 comentários:

  1. não conheço essa autora. Eu tenho um pé atrás com esses "super". Li uns 2 que não gostei muito e acabei generalizando todos.

    Mas como vc disse que é bom, se achar no sebo compro. :)

    bjss

    ResponderExcluir
  2. Nossa, eu acho que tenho um preconceito gigantesco quanto a livros de banca!!!Nunca nem cogitei comprar um o.o, mas sei lá talvez eu procure um.
    Uma coisa, esses livros de banca são sempre hot ou vc conhece uma vs mais light?


    Bjus

    ResponderExcluir
  3. hehee...sempre começa com uma briguinha pra esquentar as coisas, né?? =D

    ResponderExcluir
  4. Ei Hérida,

    Ah este não faz muito meu estilo não, mas a capa é bem sensual e fiquei imaginando o deus de bronze rsrsrs

    bjoo

    ResponderExcluir
  5. Oi, tem selinho pr ti que eu fiz, bj
    http://danfalandodelivros.blogspot.com/2010/06/olha-o-selinho-que-eu-fiz.html

    ResponderExcluir
  6. Oi Hérida. Gostei da resenha. ^^
    Nunca li esse livro, mas li muito dessa série e gostei de alguns, outros eram bem chatinhos, rsrsr.
    Amo livros de banca, são rápidos, leitura fácil e é um meio de se divertir.
    Vou anotar a dica. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Oiêeee!!!
    Eu tô tendo menos sorte q vc no quesito banca :(
    Mas não desisto! è perfeito entre uma leitura punk e outra!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Sempre que alguém comenta sobre este romance fico com vontade de ler. Alguém sabe onde posso encontrar e-book dele?
    Abraços a todas!
    adrianaflorzinhas@hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esse foi um dos primeiros livros que li, e que me despertou a paixão pela leitura, estou com vontade de relê-lo. Alguém sabe onde posso encontrar e-book dele, ou compra-lo?

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL