target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

[Edição Portuguesa] “O FRUTO PROIBIDO” (Sherry Thomas)

[Edição portuguesa]
A sensualidade dos cozinhados dela provocava coisas estranhas nele. Não conseguia parar de pensar na mulher na cozinha que exercia aquele poder e era capaz daquela alquimia. Possuiria ela a magia de destilar um brutal anseio e de o infundir na comida? Ou seria que ela servia desejo puro disfarçado de algo tão pouco ameaçador quanto uma fatia de pudim flã?
- Em Paris referem-se a ela como uma deusa…
Não, não uma deusa, uma feiticeira detentora de um encantamento sombrio. Que o enfeitiçava com prazeres decadentes e impossíveis… Quando comia, havia apenas a comida. E havia apenas a cozinheira.
Pag. 84

“O Fruto Proibido” é um romance de época ambientado na era Vitoriana, escrito pela autora Sherry Thomas. Um deleite aos sentidos, onde o paladar e o olfato são despertados e incitados a cada página. Um romance que traz à tona a fome de amor e o desejo voraz de saciá-la.
~~~*~~~
Famosa em Paris por seus dotes culinários e mal-afamada em Londres por seu comportamento escandaloso. Verity Duran é uma cozinheira de reputação escaldante…
A alta sociedade londrina não via com bons olhos uma cozinheira sendo amante do patrão. Ingenuamente, Verity acreditou que o aristocrata Bertie Somerset a amava de verdade, mas descobriu que não. Movida pela decepção e rancor, ela decide se vingar. Porém, ao invés de conseguir a tão planejada desforra, Verity encontra o homem de sua vida.

Mas ela não poderia viver essa paixão. Verity sentia o mais puro e sincero amor e, por essa razão, se sacrificaria. Eles viviam em mundos diferentes, e com sua má fama… Deveria deixá-lo para não arruinar sua reputação e destruir seu futuro. Então, Verity foge, sem deixar pistas de sua identidade a seu amado. Porém, ela nunca se esquece de seu príncipe. Verity retorna à casa de seu empregador, mas jamais se deitaria novamente com Bertie.

Ele, sem entender os motivos que a levou a partir, guarda na memória os momentos de sua única e mágica noite de amor.

Stuart Somerset é um advogado e político em ascensão. Sua carreira está deslanchando, está noivo de uma respeitável senhora da sociedade e acaba de herdar Fairleigh Park, a propriedade de seu falecido irmão. Mas Stuart recebeu mais que terras, ele também herdou uma fabulosa e lasciva cozinheira.

Para Stuart, Verity Duran é apenas uma criada com má fama, até degustar o primeiro prato preparado por ela. Uma explosão de sentidos são despertados…foi seduzido pelas cores, sabores e odores da cozinha de Verity.  Stuart nunca viu sua cozinheira e entra em desespero quando se vê atormentado pela curiosidade e totalmente entregue à suas fantasias. Mesmo sem conhecê-la pessoalmente, ele a desejava mais que tudo. Stuart estava dominado pela luxúria e paixão. Seria ela uma feiticeira?

Mas Verity esconde mais do que sua identidade, seu passado guarda um segredo que pode arruiná-los. Mesmo enfrentando as dores da decepção, Stuart precisará lutar para merecer esse amor.
~~~*~~~
“O Fruto Proibido” é um romance que evoca os contos de fadas, uma história de paixão, desencontros e reconciliação. Sherry Thomas nos presenteia com uma narrativa repleta de descrições provocativas, que estimulam o apetite sexual e gastronômico. Quase senti o aroma exótico da cozinha de Verity, o doce sabor das madalenas e me vi sendo servida na elegante mesa com um festim de pratos.

Em alguns capítulos somos levados pelas memórias dos personagens e acompanhamos alguns flashbacks. Dessa forma, a autora reconta os acontecimentos que marcaram o passado e foram decisivos na vida de Verity . Ao transitarmos pelos dois períodos, acabamos tendo uma visão mais ampla e rica dos acontecimentos.

Sherry Thomas deu uma atenção especial aos personagens, são bem desenvolvidos e carismáticos. Adorei o fato de existir mais de uma história de amor na trama, além do casal protagonista, acompanhamos um romance secundário muito apaixonado. Esse envolvimento foi explorado de forma mais sutil, mas achei inspirador ler um livro em que a autora não relegou nenhum personagem ao esquecimento.

Stuart é maravilhoso! Ele não é perfeito, mas tenta ser um homem íntegro e honrado. Sua demonstração de amor por Verity, no desfecho do livro, é arrebatadora. Linda…
O livro é romântico, apaixonado e com muita tensão senxual, mas não chega a ser hot. Porém, há uma cena na banheira que compensou todas as outras que foram mais contidas.

Infelizmente, faltou solidez na elaboração de alguns argumentos… Achei que a demora de Verity em revelar sua identidade e seu jogo de sedução não tiveram um motivo sólido para se manter durante tanto tempo. Da mesma forma, a paixão que Stuart desenvolveu por sua cozinheira - sem nunca tê-la visto -  e que nasceu instigada por sua imaginação e pelos dotes culinários de Verity, me pareceram um tanto forçados. Mas isso não retira o brilho da história. A construção do enredo, o desenvolvimento dos personagens, a ambientação e descrições são excelentes.

Infelizmente esse romance ainda não foi publicado por aqui, o livro foi comprado na livraria Wook de Portugal. Mas se você, leitor, tiver uma oportunidade de ler “O Fruto Proibido”, não pense duas vezes. Tenho certeza que não irão se arrepender!

Thomas, Sherry. O Fruto Proibido. Quinta Essência, 2010. 334 p. 

  Compre na Wook

21 comentários:

  1. Nossa, que delícia ! Fiquei aqui me imaginando dentro da história :-)
    Amei cada linha !
    Bjsss

    ResponderExcluir
  2. O ruim é não ter o livro aqui no Brasil e o frete da WOOK =(
    O livro parecer ser lindinho - amo romances históricos *o*
    Beijos :*

    ResponderExcluir
  3. Apesar de amar loucamente um hitórico este não chamou muito minha atenção, mas quem sabe se fosse lançado aqui eu acho que comprava, mas Portugal não dá, o frete mais livro, não é para meu pobre bolso rs, beijos.

    ResponderExcluir
  4. Menina... leio tudo isso para vc dizer ao final que não tem o livro aqui???? TE MATO! rsrsrs
    Sabe que não curto ler livros com o português de Portugal? Acho esquisito!
    Bjks
    Alê

    ResponderExcluir
  5. Sobre a resenha, nada a comentar. Está perfeita.
    Sobre a história, a primeira coisa é que já me deu vontade de comer ;x Realmente estranho ele se apaixonar pela cozinheira que nunca viu. Mas vai entender, as pessoas têm de tudo!

    Um beijo
    Conjunto da Obra

    ResponderExcluir
  6. Ei Hérida,

    Aiai vc ainda vai me fazer cair em tentação com os livros Portugueses, é um estilo que não leio muito, mas amei a resenha.

    bjo
    Nanda

    ResponderExcluir
  7. Ai, fiquei com vontade de ler... mas pra valer a pena comprar na Wook acho que o livro tem que ser daqueles perfeitos... e pelo que você comentou esse tem algumas falhas...
    Agora essas capas de PT são de babar, né?? Muito bonitas...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  8. A sua resenha ficou uma delícia ;)
    Quero muito esse livro, está na minha lista, vou aproveitar que minha irmã está na Europa para pedir este e outros livros que não foram publicados aqui! ;)
    Bjsss

    ResponderExcluir
  9. Oi Hérida como voce lança uma livro desses na nossa cara e depois diz que so tem para vender em Portugal? Eu não tenho como comprar por lá e fiqueilouca de vontade com essa sua resenha maravilhosa.

    Xero.

    ResponderExcluir
  10. É muito interessante essa história toda ... Estou curiosa.Adorei a resenha!!!

    Beijos
    Luciana
    Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  11. Tem cada título de livro lançado em Portugal... mas acho tão caro pagar o frete no valor de euros! =X
    Com relação ao livro, gostei dele assim que vi a capa! Que linda!
    A história parece bem interessante, diferente dos romances históricos que agente geralmente lê por ai...
    Adorei a dica Hérida! Fiquei morrendo de vontade de ler!

    bjuss

    ResponderExcluir
  12. Que resenha show!!!

    Fiquei instigada só pelo que escreveu. Super curiosa.

    Adorei. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  13. Oi Hérida!!
    Novamente uma capa LINDA DEMAIS!!! Portugal capricha!!
    Adori a história!! A paixão dele deve ter se desenvolvido a partir daquele ditado: "Conquistado pela barriga", kkkk.
    Adorei e aotei a dica. Nunca li nada no português de Portugal, talvez arrisque.
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Ai, sua sua... boba, rs! Me deixou com vontade de ler! Vou ver se eu consigo achar em inglês (ñ sou mto fã de ler livros em português de portugal, pra ser sincera).

    Bjos!
    Thaís
    @sweet_lemmon

    ResponderExcluir
  15. Gostei! Nossa, pela sinopse parece que é muito legal. E você pareceu bem empolgada com a história :) Pena que não foi publicado aqui ainda :/

    Beijooos!

    ResponderExcluir
  16. Oi querida.
    Por favor, perdoe minha ausência em se blog, estive sem net por mais de um mês (*quase morri, mas foi bom para desintoxicar kkkkkkkk).

    Well, vamos lá: Axchei a história muito interessante =). è um verdadeiro exemplo de como pegar um homeme primeiro pelo estômago hauhauhauau.
    já li um livro com enredo bem semelhante, mas não recordo o título agora. A resenha está primorosa, como sempre.
    Ah, você fica atiçando a gente, NE???? Livro importado eh chique! hehehe
    Tenho certeza de que vou me recordar de sua resenha, mas pretendo esperar o livro sair por aqui (*é o jeito, pois tenho muita birra em ler livros no Português de Portugal.)
    Bjusssssss

    ResponderExcluir
  17. Que susto tremendo que eu levei agora... Logo na primeira linha da sua resenha eu vi a frase "A sensualidade dos cozinhados dela provocava coisas estranhas nele" e pensei: ai caramba! Ela cozinha pessoas!!!
    Só no final da resenha, quando vi que o livro é de português-pt é que entendi que cozinhados = cozidos ou coisa assim! rs...
    beijos
    Camila - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  18. AHH não é justo você fazer estas postagens com livros que não tem aqui!! vc ta torturando a gnt!
    Adorei sua resenha, o livro deve ser maravilho!!
    Minha lista de livros cresce sempre que passo aqui no Lendo nas Entrelinhas, tsc tsc tsc
    Beijos
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink

    ResponderExcluir
  19. ei Hérida,
    adorei a resenha. ^^
    Achei a capa do livro linda e pela sua resenha é uma história que vale a pena conferir.
    Adoraria ler esse livro, ainda vou fazer umas comprinhas importadas, rsrsrs.

    beijos.

    ResponderExcluir
  20. Que capa linda!!!
    Apesar dos pontos negativos, o livro realmente parece excelente *-* Fiquei com muita vontade de lê-lo \o/ Alguma editora nacional poderia se interessar pelo título e lançá-lo por aqui!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL