target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

“AMANTE VINGADO” (J.R. Ward)

Em alguns momentos da vida, entre a miríade de decisões corriqueiras como o que comer, onde dormir e o que vestir, surge uma verdadeira encruzilhada. Nesse momento, quando a névoa da aparente irrelevância surge e o destino requer o livre-arbítrio, existem apenas duas opções, a da esquerda ou a da direita… Não é possível forçar e seguir em frente entre os dois caminhos, não é possível negociar com a escolha que lhe é imposta.
Você deve responder ao chamado e escolher seu caminho. E não há volta.
Pág. 24

Neste sétimo romance acompanhamos a conturbada história de Rehvenge... Um mestiço que abraça seu lado vampiro e luta para controlar seus instintos de sympatho.
~~~*~~~
Rehvenge, filho de Rempoom, é um devorador de pecados…um mestiço que esconde seu lado sympatho.  Suas conhecidas tendências sociopatas, capacidade de sentir e manipular a grade emocional de outras pessoas, representam uma ameaça para os vampiros. Se seu segredo for descoberto, Rehv será banido da glymera. Nenhum vampiro, além dos Irmãos, sabia de seu lado sympatho. 

Rehv é um senhor das drogas em Caldwell;  vampiros civis e da aristocracia frequentavam seu clube – o ZeroSum – e representavam grande parte de sua clientela. Ele precisa de um grande fluxo de dinheiro, pois paga bem caro para que sua cruel chantagista mantenha suas raízes em segredo.

Para mascarar seu lado obscuro, Rehv se medica com altas doses de dopamina e, mesmo assim, está sempre no limite de perder o controle. Mas sua saúde está debilitada, tanto pelo uso da medicação quanto pela tortura que sofre da Princesa maldita. Para piorar, seu corpo está ficando resistente à dopamina e seu efeito cada vez mais curto. Assim, seu estoque de droga precisa ser reposto com frequência.

Foi em uma de suas visitas à clinica de Havers, médico dos vampiros, que Rehvenge encontrou sua Ehlena. Ela era a enfermeira que Rehv esperava que o tocasse cada vez que ia até a clínica. Mas ele sabia que não poderia se aproximar de uma mulher de valor como Ehlena. Sua vida era guiada por jogos de poder, favores sexuais e sempre estava entre limites extremos. Se manter afastado era o mais justo para ela.

Ehlena não esperava se sentir atraída pelo vampiro de aparência ameaçadora, mas que estava visivelmente doente. Aquele macho hipnotizava por ser mortal e por ser bonito. Com seu cabelo moicano, tatuagens e olhos ametistas hipnotizantes... ele era puro sexo, poder e imprevisibilidade.

Os inimigos dos vampiros estão cada vez mais ousados. Uma rede de conspiração ameaça o reinado de Wrath e o segredo de Rehvenge finalmente poderá ser revelado. O amor e a lealdade de Rehv serão postos à prova, e só Ehlena poderá salvá-lo de um sofrimento eterno e trazer luz à sua vida repleta de escuridão.
~~~*~~~
Amante Vingado é o sétimo romance da série "Irmandade da Adaga Negra" escrito por J.R. Ward. Leia as resenhas dos livros anteriores AQUI.

Eu sempre fui atraída por Rehv e sentia muita curiosidade por sua vida cheia de mistérios. Seu jeitão de gângster contrasta com sua aparente fragilidade física... A constante necessidade de se medicar, a instabilidade ao caminhar e a conhecida impotência sexual, sempre me deixaram apreensiva em como a autora conduziria o romance. Entretanto, para meu deleite e de outras leitoras apaixonadas pela série, Ward desenvolveu a trama de forma espetacular. As cenas de sexo são excitantes e de bom gosto, sem deixar de lado a sedução e o romantismo.

Gostei muito de Ehlena... ela é forte, batalhadora e decidida. Não tem aquela fragilidade e falta de iniciativa que vimos em algumas das heroínas anteriores.

Finalmente eu matei a saudades do meu Rei! Wrath ocupa um grande espaço em Amante Vingado. Ele e Beth enfrentam um momento delicado na relação, e vão precisar de muita confiança e força para enfrentarem juntos os reveses da vida. Beth se confirma como o sustentáculo do Rei. Wrath também não está contente com as exigências de seu posto, e seu reinado passa por um período de instabilidade.

Agora, John… aquele jovem vampiro que me encantou em Amante Consagrado, perdeu o ar de ingenuidade e candura. Ele está amargo e se esforça para se mostrar insensível. Mas eu ainda acredito que seu coração não tenha secado de vez, pois ele continua apaixonado pela “mulher macho sim senhor”, Xhex. Esse casal promete!

Estou adorando o modo que J.R. Ward vem construindo suas histórias; as tramas paralelas enriquecem, dão mais agilidade e preparam o leitor para os próximos livros. Eu fiquei tão envolvida com os acontecimentos fora do núcleo de Rehv, que devorei as 720 páginas do livro.
Bem…preciso dizer que amei? Amante Vingado é maravilhoso… repleto de romance, sedução, intrigas e muita ação.

Ward, J.R. Amante Vingado. Unverso dos Livros, 2011. 720. p (Irmandade da Adaga Negra, Vol.7)

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL