target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

“OBSESSÃO” (Tara Moss)

Um corpo de mulher jovem apodrecia sob o cobertor de terra. Os jornais falaram dela… e sua mãe a chamava de “minha garotinha” na televisão.
Satisfeito, o Caçador se afastou da cova rasa, com uma postura altiva e orgulhosa.
Era a temporada de caça, e os resultados estavam sendo bons.
Pag. 33
~~~*~~~
Durante as últimas férias de verão, na Austrália, Makedde Vanderval se viu envolvida em um caso de assassinatos em série. Um ano havia se passado, mas as feridas desse episódio ainda não haviam cicatrizado. Seu corpo estava intacto, mas sua mente não conseguia se livrar das dolorosas lembranças. Mak mal dormia e, quando conseguia deslizar para o sono, este era agitado e povoado por pesadelos.

No momento, Mak está morando em Vancouver, Canadá, e continua trabalhando nas horas vagas como modelo. O charme da indústria da moda nunca lhe subiu a cabeça, mas o trabalho ajudava a pagar seus estudos. O sonho de terminar seu mestrado em Psicologia Forense estava cada vez mais próximo e logo ela estaria fora desse mundo glamouroso. 
 Na tentativa de esquecer o que houve, Makedde se apega a uma rotina cheia. É durante uma conferência sobre psicologia na Universidade de British Columbia, que o passado volta a assombrá-la ainda mais.

Andy Flynn, seu ex-amante e detetive que salvou sua vida na Austrália, está participando do mesmo evento. Ao reencontrá-lo, ela volta a se sentir insegura com as recordações que sua presença traz. Fazia um ano que Andy não via Makedde, mas ele não havia conseguido esquecê-la.

Andy Flynn não estava no Canadá a trabalho, porém sua estadia estava longe de ser tranquila. Ao saber do assassinato de três alunas que estudavam na mesma universidade que Mak, Andy toma conhecimento de que um psicopata está atacando o campus. Correndo o risco de se complicar por vazar informações, ele alerta Makedde de que há um assassino em série à solta. Entretanto…o aviso pode ter chegado tarde demais.
~~~*~~~
“Obsessão” é o segundo volume da série Makedde Vanderval escrita pela autora Tara Moss. O livro possui uma trama intrigante, com uma série de assassinatos assustadores e personagens interessantes. A narrativa é muito leve e flui rapidamente, tornando a leitura descontraída. 

Obsessão é um thriller psicológico, o que me deixou muito contente, pois eu adoro tramas que exploram comportamentos patológicos e distúrbios de personalidade. Makedde Vanderval está passando por um momento difícil, sofre de transtorno pós-traumático e tenta se adaptar a sua nova condição. Achei excelente a descrição da autora dos problemas de Makedde: sua dificuldade em dormir, pesadelos recorrentes, a negação e a resistência em procurar ajuda profissional. Por estudar psicologia forense, ela acredita que pode lidar com a situação sozinha.

Quando li o primeiro livro da série de T. Moss, Fetiche, ainda era uma leitora inexperiente no gênero. Hoje, estou mais tarimbada e, consequentemente, mais exigente. A autora delineou muito bem os distúrbios psicológicos e seus efeitos na personalidade dos personagens, mas senti falta de uma investigação policial paralela. O enredo policial de ”Obsessão” me pareceu um tanto raso. Esse detalhe me desagradou um pouco, pois eu adoro uma boa caçada ao assassino. 

Mas se não há uma investigação efetiva, como o serial killer é detido? Pois é, esse detalhe é um ponto fraco na trama. O assassino praticamente cai no colo de Makedde, ou melhor…. Makedde cai no colo do psicopata. Para mim, a trama não representou um grande desafio.


Confesso que esperava uma história diferente. Como no livro anterior Makedde foi alvo de um assassino, eu pensei que – nesse livro – sua participação fosse como uma profissional em psicologia forense que iria auxiliar na investigação policial. Mas não, ela continua se mostrando um imã para psicopatas. Não gostei disso…achei forçado a personagem aparecer novamente como vítima.

Faltou solidez no enredo policial. Entretanto, o livro possui um bom desenvolvimento como thriller psicológico. Apesar de abordar um tema denso, Obsessão proporciona uma leitura descomplicada e envolvente. Se você não está habituado a ler romances policiais ou prefere tramas com um discurso inteligível, a série Makedde Vanderval é uma ótima pedida. 

Tara, Moss. Obsessão. Fundamento, 2010. 302 p. (Makedde Vanderval, Vol. 2)

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL