target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

[Edição Portuguesa] “APOSTA INDECENTE” (Matilda Wright)

[Edição portuguesa]
— Parto manhã para o vale do Lore e vou levá-la comigo. – disse Louis.
Catherine levantou uma sobrancelha, admirada.
— Pensei que tinha falado num convento em Paris…
— Não se trata de um convento. Mudei de ideia a seu respeito. É jovem e bonita, seria um desperdício escondê-la do mundo. Tenciono torná-la minha amante… por enquanto.
Pág. 37, 38.

~~~*~~~
Na Paris de 1854, a fidalguia desfruta de tudo que o dinheiro pode comprar. Mulheres, banquetes, saraus, viagens, jogos… O marquês Louis de Villeclaire, um dos homens mais ricos da França, leva uma vida rodeada com os luxos e privilégios que seu status social oferece. Mas havia duas coisas que Louis não dispensava: um bom champanhe e mulheres bonitas. Ele frequentava os melhores bordéis de Paris e, apesar de sua fama lendária de devasso, ainda era um dos solteiros mais cobiçado da cidade.

Uma noite, ao saber da morte de um notário viciado em jogo, ele pensou que seu dia de sorte finalmente havia chegado. Louis de Villeclaire havia feito uma aposta com o homem e, com sua morte, todos os bens e pessoas ligadas ao falecido passariam a ser sua propriedade. Mas receber os frutos daquela aposta mudaria seu destino.
Ao reclamar o que lhe era de direito, Louis conheceu um de seus ganhos…a jovem e misteriosa viúva, Catherine Duvernois. A partir daquele dia, aquela mulher lhe pertencia.

Apesar do futuro desesperançoso, Catherine mantém sua altivez e desafia Louis com seu temperamento ora orgulhoso, ora delicado. Catherine deixava Louis furioso, mas sentir-se atraído por ela foi algo que ele não havia planejado. Ele pensou em encerrá-la em um convento, mas sua beleza o fez mudar de ideia. Catherine foi levada a uma de suas propriedades, situada no belíssimo Vale do Loire. Enquanto Catherine se adapta a sua nova condição e tenta não se desesperar com seu destino, em Paris, uma armadilha está sendo planejada para fisgar Villeclaire.

Em um luxuoso baile, Louis conhece a Viscondessa de Belfort e sua filha Blanche. O que Villeclaire não desconfiou, é que Blanche de Belfort estava disposta a tudo para se casar com o sensual marquês. Mesmo que para isso precisasse usar de artifícios pouco éticos.
De repente,  Louis se vê preso em uma rede de mentiras. Ao tentar escapar dessa cilada, ele descobrirá que não se deve ignorar o amor e aprenderá que a vida não é um jogo…
~~~*~~~
Aposta Indecente é o primeiro romance histórico publicado da autora Matilda Wright, e faz parte da coleção Tiara do selo editorial português Livros D’Hoje. Por isso, não se animem, esse romance foi comprado na livraria Wook de Portugal.

Ambientado na Paris do século XIX, Aposta Indecente nos apresenta a aristocracia europeia. São amplamente descritos na trama, os hábitos comuns aos membros desse grupo social, a super valorização do status e a força do prestígio que movem as rodas da nobreza.
O enredo está alicerçado justamente nas relações sociais, nas intrigas e nas consequências de atos sem valor moral. Dessa forma, a história gira em torno do embuste armado para atrair Villeclaire e em uma forma de desfazer o ardil tramado. Uma abordagem teoricamente excelente, se não fosse um pequeno detalhe… a autora explorou demais o conluio entre Blanche de Belfort e sua mãe em detrimento do romance.

O título do livro é sugestivo, mas o romance é demasiado sutil. Durante a maior parte da história Villeclaire e Catherine estão afastados. Não somente por mal-entendidos e inseguranças de ambos os personagens, mas também fisicamente. A autora os instalou em cidades diferentes...distantes.
Confesso que o livro não me envolveu da forma que eu esperava. Faltou conquista, paixão e entrega entre os personagens. Outro detalhe que me desagradou foi o desfecho, achei muito corrido. Como disse antes… não existe momentos de conquista, Villeclaire e Catherine se descobrem apaixonados de uma hora para outra. Achei o envolvimento muito frio e impessoal.

Aposta Indecente é um livro bom, mas não chegou a me emocionar. A leitura compensa pela dedicação da autora em tecer uma trama com um ótimo embasamento histórico, uma ambientação bem descrita e pelo desenvolvimento de personagens cativantes.

Atualização:

Uma ótima notícia para as fãs de romances que desejam ler Aposta Indecente... A Quinta Essência - selo da editora Leya - publicou o livro no Brasil!

Wright, Matilda. Aposta Indecente. Livros D'Hoje, 2011. 239 p. (Coleção Tiara)


Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL