target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

segunda-feira, 1 de julho de 2013

[Edição Portuguesa] “SANGUE DE ANJO” (Nalini Singh)

Edição portuguesa
Aquela escuridão letal transformou-se em puro deleite, mas Elena sabia que caminhava no fio da navalha. Raphael estava a ser amável por razões que só a ele diziam respeito. O arcanjo que a obrigara a fechar a mão em cima da lâmina de uma faca também era Raphael e o melhor que ela tinha a fazer era não se esquecer disso - por mais que o desejasse.
p. 219-220
~~~*~~~
Elena Deveraux é uma caçadora de vampiros, uma profissão que lhe foi imposta pela natureza. Ela nasceu caçadora e os reveses da vida a levaram para esse destino. Elena possui a capacidade de rastrear os vampiros através do cheiro, de farejá-los. Mas sua função não é matar os vampiros que saem da linha, e sim, capturá-los e entregá-los intactos a seus criadores… os anjos.

Todos os anos, alguns humanos são escolhidos pelos anjos para se tornarem imortais, porém ficam subordinados a seus criadores por um período de cem anos. Depois desse prazo, os vampiros são livres para seguir seu próprio caminho. Mas alguns decidem burlar as regras e tentam fugir desse vínculo, muitas vezes em busca de ação e sangue humano. É aí que entram os caçadores da Guilda - uma organização que caça e captura os vampiros que estão violando as regras da sociedade.

Apesar de ser a melhor, Elena não está certa de que suas habilidades serão suficientes para cumprir a missão que lhe foi imposta. Ela foi contratada pelo perigoso Raphael – o arcanjo que governa a região de Nova York – para uma missão impossível. Desta vez não é um vampiro rebelde que ela terá que localizar, mas um arcanjo degenerado…

A missão não só colocará Elena num rastro de morte e corpos espalhados por toda cidade, como também em um turbilhão de paixão. Mesmo que a caçada não a destrua, será difícil não sucumbir à sensualidade de Raphael. Pois quando os anjos brincam, os mortais padecem…
~~~*~~~
Sangue de Anjo é o primeiro volume da série Guild Hunter de Nalini Singh. Um romance sobrenatural que desperta curiosidade pela mitologia criada. A autora nos apresenta um universo onde anjos e vampiros possuem uma relação íntima, vivendo uma relação que mescla poder e domínio de forma muito interessante. O conjunto social também é diferente; existe uma linha hierárquica entre as criaturas que habitam esse mundo, onde os humanos sabem de sua existência e as enxergam com um misto de medo e fascínio.
Os anjos de Singh exalam poder, e não possuem aquela aura benevolente que estamos habituados a encontrar na literatura. Aqui, eles são cruéis e implacáveis, governam o mundo e demonstram certa indiferença em relação aos humanos. O mito em torno dos vampiros também é diferente, com exceção do sangue como fonte de alimento.

A protagonista – Elena – é a melhor caçadora de vampiros da Guilda, pois nasceu com um dos sentidos mais aguçado… ela é capaz de farejá-los. Porém, ao ser convocada por Raphael, Elena se vê a frente de uma missão suicida. Ela não pode descumprir as ordens do arcanjo e, mesmo que saia viva dessa perigosa empreitada, dificilmente o arcanjo a deixará como testemunha.

Sensual, poderoso e letal para quem ousar desafiá-lo, Raphael sente-se atraído pela ousadia – totalmente desmedida – de Elena. Esta, também não fica indiferente à beleza e lascívia de Raphael. Então, vocês podem imaginar a atmosfera de desejo e conquista entre o casal.
O enredo de Sangue de Anjo possui um enfoque mais adulto, porém a promessa de uma paixão explosiva não se cumpriu. A história concentrou-se no desenvolvimento da ação, cujo objetivo era caçar uma criatura perversa que estava trazendo terror à cidade, e o romance foi deixado em segundo plano. A sedução, a atração física, a tensão sexual e a promessa de um relacionamento redentor estão presentes, entretanto a consumação desse romance foi um tanto morna. Há apenas uma cena de amor, e a mesma não satisfez minhas expectativas. Confesso que esperava um erotismo no mesmo nível de J.R. Ward, Jeaniene Frost ou Lara Adrian.

Por outro lado, histórias repletas de aventura, intrigas, com uma mitologia diferente e bem construída são cada vez mais difíceis de encontrar. Nesse sentido, Sangue de Anjo é excelente, pois foge do previsível. Nalini Singh escreve de forma ágil e muito envolvente. Algumas cenas de ação, possuem descrições dignas de um thriller policial de serial killer.
Infelizmente, a edição portuguesa deixou muito a desejar. A tradução e revisão estão péssimas, o texto confuso e repleto de erros. É raro encontrar um livro cujo texto está perfeito, mas Sangue de Anjo possui erros em excesso. Terrível.

Sangue de Anjo foi o título escolhido pelos leitores na enquete de maio. Um livro onde o sobrenatural, a ação e o romance disputam espaço entre si, tornando a história atrativa tanto para os fãs de fantasia urbana quanto para os de romance.

Singh, Nalini. Sangue de Anjo. Casa das Letras, 2011. 356 p. (Guild Hunter, Vol. 1)

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL