target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

terça-feira, 10 de março de 2015

“TENTAÇÃO AO PÔR DO SOL" (Lisa Kleypas)

Finalmente ficava claro para ela que amor não tinha a ver com encontrar alguém perfeito para casar. Amor era enxergar a verdade da pessoa e aceitar todas as suas nuances, o bom e o ruim. Amar era uma habilidade. (…) 
p. 233 
~~~*~~~ 
Sinopse:

Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar. 

Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem. 
Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele. 

Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua – e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça. 
Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.
~~~*~~~ 
Tentação ao Pôr do Sol é o terceiro volume da série Os Hathaways de Lisa Kleypas. Um romance de época delicioso, tanto que devorei a história em poucas horas. Ambientado na Inglaterra do século XIX, Tentação ao Pôr do Sol foca as relações familiares e o desenvolvimento do romance do casal protagonista. Kleypas não retrata de forma meticulosa o período histórico em questão, mas contextualiza bem os costumes e convenções sociais da época.

Nesse livro somos apresentados Harry Rutledge e Poppy Hathaway. Um casal que anda na contramão quando o assunto é amor e, consequentemente, entrega. Harry é um homem cujo passado doloroso tornou-o indiferente às emoções e propenso a enxergar tudo como uma transação comercial. Galgou seu próprio caminho, venceu na vida e fez fortuna sem ajuda de ninguém. Assim, acredita que tudo pode ser conquistado, seja com dinheiro ou manipulações. Quando conhece Poppy, ele decide que a terá de qualquer maneira. Ela revela-se um desafio, provocando ainda mais seu interesse e desejo de possui-la.
Apesar de parecer um tanto frio e distante, Harry vai nos conquistando ao longo do livro e percebemos que seu jeito desconfiado é fruto do desprezo e solidão que sofreu no passado. Me afeiçoei a seu jeito turrão e arisco. 

Já Poppy, é uma jovem mulher que se esforça para ajustar-se e seguir as normas sociais da época. Ela quer sair da sombra de sua família pouco convencional, encontrar um bom marido e levar uma vida pacata – sem as balburdias que acompanham os Hathaways. A família é alvo frequente de mexericos, pois desafiam a etiqueta social e estão frequentemente envolvidos com algum escândalo. 

Poppy está frequentando sua terceira temporada de eventos sociais e percebe que essa pode ser sua última chance de conquistar um pretendente. O destino parece ter sorrido para ela, pois um rapaz de família nobre e tradicional começa a cortejá-la em segredo. Com a confiança em seu novo amor e a expectativa de um pedido de casamento, Poppy acredita que seu sonho está prestes a se realizar. É nesse momento de sua vida que ela conhece Harry Rutledge e todas as suas fantasias vão por água abaixo.

Poppy me pareceu ingênua, pois sua ideia de romance e casamento parecem tirados de um conto de fadas. Tentação ao Pôr do Sol, aborda um relacionamento mais condizente com a época. Um casamento onde existe atração física, mas não amor; que inicia com mágoas e desconfianças, cujo respeito e afeto florescem aos poucos com a convivência. 

Os personagens são excelentes, bem construídos e sustentados sobre personalidades intrigantes. Além de serem carismáticos, cada um possui qualidades e defeitos próprios, que ao longo do livro aprendemos a amar ou repudiar. 

Não posso deixar de comentar sobre a espirituosa família Hathaway, que tornou a leitura ainda mais divertida e leve. Confesso que sou apaixonada por Dodger, o furão bagunceiro de Beatrix.
Enfim, não espere muita ternura e delicadeza no início. A relação entre Poppy e Harry é construída aos poucos, mas o amor e a confiança se tornam profundos no final. Tentação ao Pôr do Sol é um romance adorável, repleto de emoção e sensualidade. 

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL