target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 6 de maio de 2015

“ORDEM” (Hugh Howey)

Quando só se pode culpar Deus, nós o perdoamos. Quando se trata de outro homem, nosso irmão, nós o destruímos.
p. 241
~~~*~~~
Ano 2049
Washington, D.C.:

O recém-eleito deputado do Estado da Georgia, Donald Keene, estava prestes a encarar o maior desfio de sua vida. Decidiu abandonar a carreira de arquiteto pela política, no entanto seus conhecimentos estavam sendo requisitados. 

Ao ser chamado para uma reunião com o influente Senador Thurman, Donald é incumbido de planejar e construir um edifício subterrâneo próximo a um depósito de combustível nuclear. Um projeto secreto, mas realizado à vista de todos.

A princípio, Donald acreditava que tal construção teria a função de abrigo caso um ataque ou vazamento ocorresse, um local de refúgio para os trabalhadores do depósito. Porém, com o andamento do projeto, Donald passa a desconfiar de que há motivos mais obscuros por trás dessa construção. Sem saber o real objetivo desse projeto, Donald se vê preso em uma rede de mentiras e falsas intenções que jamais poderia imaginar.

Ano 2110
Silo 1:

Troy foi despertado de seu congelamento e está prestes a iniciar seu primeiro turno. Sua função é coordenar o Silo 1 e supervisionar as atividades dos outros 49 silos. Os remédios para fazê-lo esquecer o passado não fazem o efeito esperado em Troy. Ele não se lembrava de tudo, mas sabia que todos que amava estavam mortos. Troy não deveria deixar que esses sentimentos influenciassem seu trabalho, pois o destino de milhares de pessoas estavam em suas mãos… no apertar de um botão.

No entanto, seus medos se concretizaram logo em seu primeiro turno de trabalho. O Silo 12 estava entrando em colapso e ele deveria intervir… decidir se deveriam morrer. Mas esse não seria o ultimo desafio que enfrentaria ao longo dos muitos anos que ainda teria pela frente.
~~~*~~~ 
Ordem – segundo volume da série Silo de Hugh Howey – foi um livro que me deixou um tanto impaciente. Adorei Silo e estava ansiosa pela continuação, entretanto a leitura de Ordem demorou um pouco para engrenar.

Ordem não segue a cronologia do primeiro livro e somos levados à época em que o mundo ainda não havia sido devastado. Acompanhamos então, o planejamento, a construção dos silos, o momento em que o “cataclismo” é provocado e o funcionamento de alguns silos, principalmente o Silo 1.

Inicialmente, os capítulos são alternados em relatos pré e pós apocalípticos. No ano de 2049 conhecemos Donald, um deputado recém-eleito cuja formação em arquitetura o coloca no centro de um projeto revolucionário. Donald é incumbido de projetar um edifício subterrâneo… o Silo. 

Paralelamente, em 2110, acompanhamos Troy no interior do Silo 1. Sua função é coordenar todo o complexo e observar as atividades dos outros Silos. É o Silo 1 que avalia e decide o destino das outras estruturas, entretanto Troy é atormentado por fantasmas do passado, o que pode influenciar em suas decisões.

Assim, grande parte da história parece “engessada” nesses eventos de planejamento e administração. Ocorre pouca ação e muitas considerações sobre as consequências da quase extinção do homem, arrependimentos e revolta. Apenas nos capítulos finais o enredo começa a convergir para o ponto em que Silo termina.

A história é extremamente reveladora e importante para o entendimento da trama como um todo, pois os motivos que levaram a construção do Silo, como as pessoas escolhidas foram confinadas e no que resultou da destruição são esclarecidos aqui. Howey conseguiu ser original, porém os motivos que levaram o próprio homem a escolher um destino tão trágico não me convenceram totalmente. Eu comprei a ideia, mas achei a solução muito radical, pois nenhuma outra opção foi cogitada. 

Ao longo do livro, o autor nos apresenta cerca de trezentos anos de história. Muitos detalhes são revelados, conflitos e momentos onde a verdadeira essência do homem – sua natureza – é explorada. Confesso que eu gostaria de ter sentido mais emoção, mas no geral, Ordem é ótimo.

Claro que vou ler Legado – último volume da trilogia –, pois tudo indica que os eventos ocorridos no primeiro volume finalmente terão sua continuação. Se você leu Silo e quer entender todos os meandros da série e os motivos que precipitaram a destruição do mundo, Ordem é leitura obrigatória.

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL