target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 6 de janeiro de 2010

"A MONTANHA DOS MACKENZIE" (Linda Howard)


O livro é uma belezinha. Leitura leve e descomplicada. Porém,os personagens são bem explorados e o ambiente com boas descrições.

Mas não é só romance que você encontrará em "A Montanha Dos Mackenzie", a autora introduziu uma boa dose de mistério e suspense policial.

É um romance que explora muitos sentimentos humanos. Traz à tona o rancor, o ódio e o preconceito racial. Mostra o quanto é perigoso incutir na mente de nossos filhos opiniões e ideias discriminatórias.
Foi muito gostoso acompanhar a história de amor dos personagens.Um pai que enfrenta e ignora o preconceito de uma pequena cidade para que ele e o filho possam viver juntos e com dignidade.

****


Em sua veias fluíam o sangue de guerreiros. Descendente dos Comanches, tribo indígena norte-americana, e de Celtas,Wolf Mackenzie é duro como rocha.
Sua libido estava a flor da pele, o desejo lhe causava dor. Ele precisava de uma mulher...urgente.
Acostumado a saciar seu corpo com uma velha amiga, ele não imaginava o que os gelados ventos da montanha lhe trariam.

Mary Potter estava se adaptando bem à nova cidade. Ruth,uma pequena cidade do Wyoming, era pacata e "aparentemente" amigável.
Mas logo ela descobriria sua verdadeira face.

Notou com pesar que o melhor aluno da classe havia abandonado a escola, mas achou estranho ninguém comentar o assunto. Afinal, ela era a nova professora e deveria saber desses detalhes.
Lecionar era a sua paixão e o fazia muito bem. Não deixaria que um aluno promissor se perdesse.

Seu primeiro encontro com Wolf foi conturbado, ele a salvou de uma nevasca. Mas apesar de Mary estar quase congelada, ela sentiu o calor que emanava daquele homem.
Ela se surpreendeu com a resposta de seu próprio corpo. Nunca imaginou sentir um desejo tão grande.

Apesar da aparência pouco atraente de Mary, Wolf não consegue deixar de observar suas qualidades femininas. Ele a quer intensamente, mas por ela ser uma mulher "branca" fica apreensivo e reluta contra o desejo.
Mas ele não resiste e se rende à luxuria.
Ele terá que reaprender a amar e se deixar ser amado.

Mary descobre o motivo do afastamento de Joe. Não era aceito na escola por ser indígena, ele e seu pai eram os excluídos da cidade.
Joe Mackenzie é um garoto diferente, maduro para a idade. Mary descobriu que seu sonho era ser piloto e prometeu ajuda-lo a ingressar na academia da força aérea.

A cidade de Ruth não estava preparada para a intromissão da nova professora.

Ela não podia estar se relacionando com aqueles mestiços!

Mary se surpreendeu com o comportamento daquelas pessoas e decidiu lutar por justiça. Não permitiria que ideias tão preconceituosas excluísse os Mackenzie de seu convívio.

Inesperadamente a pacata cidade perde sua paz. Crimes violentos começam a ser cometidos e a população se divide. Alguns sentem medo, outros ódio.

Wolf Mackenzie tem antecedentes criminais e se torna o principal suspeito. Seu pesadelo está apenas começando.

Mary sabe que aquele homem pode ser rude, mas ele não é um criminoso.

Será que Mary está preparada para enfrentar o ódio pelos Mackenzie?

Esta disposta a arriscar a vida para provar a inocência de seu amado. Mas ela descobrirá que não sairá impune dessa intromissão.

Porém, desta vez,Wolf não ficará passivo. Está disposto a lutar para defender sua honra e proteger sua "mulher".

Ruth, será surpreendida e a pequena cidade aprenderá uma dolorosa lição.

****

No inicio tive a impressão de que Wolf Mackenzie era conformado demais, mas com o trascorrer da leitura vemos que ele é um homem de garra...mas resignado.
Quando descobre novamente o amor, decide partir para o ataque e lutar por seus desejos e defender seu amor. Superando seus próprios medos e enfrentando as adversidades.

Wolf é uma delicia. Homem forte, guerreiro, de sangue "quente". Não acredita que seja possível os brancos enxerga-lo de forma diferente, e por isso é amargo.
A química entre Wolf e Mary é maravilhosa, eles exalam sensualidade.Deixando o leitor febril.
O livro é HOT!

Mary chegou em Ruth para abalar as estruturas da cidade. Por traz da aparência de professora solteirona recatada e tímida, se escondia uma mulher forte e de opiniões desprovidas de preconceitos. Mulher de fibra.
Foi educada por uma tia exigente e rígida, mas que lhe ensinou a importância do respeito e da justiça.
Mary está disposta a encarar qualquer desafio para que suas ideias sejam ouvidas e quem sabe com o tempo..aceitas.

Joe é um garoto que, como o pai, já se conformou com a exclusão. Não dá importância para a opiniões das pessoas, mas no fundo existe magoa. Tem o sonho de voar, quer ser piloto, mas por ser meio indígena não consegue imaginar como realizar seu desejo. Mary percebe e acredita no potencial de Joe e luta para que ele também acredite.
Joe percebe o flerte entre seu pai e a recatada professora, e sem que eles percebam começa a conspirar a favor dessa paixão. Garoto esperto!

A Montanha dos Mackenzie é o primeiro livro de uma série. Este é dedicado ao paizão Wolf Mackenzie. (Ganhou o prêmio de Papai TDB do ano!)

Adorei meu primeiro livro do desafio, e já estou atrás dos outros livros da série Mackenzie.
O segundo livro, Missão Mackenzie, é dedicado ao fofo do Joe.

Os outros livros são: O Prazer de Mackenzie, O Encanto da Montanha e Jogo do Acaso. Estes dois últimos, segundo a Tonks do Romances in Pink saíram como Bianca Dupla e Momentos Íntimos respectivamente. E são raríssimos.

Mas como eu sou teimosa, não desisto nunca...vou correr atrás.
Eu sou mimada e eu quero todos! rsrs


31 comentários:

  1. Meu seu blog é espetacular, show, not°10 desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom
    Ass:Rodrigo

    ResponderExcluir
  2. Héryda,
    é bom não se sentir um patinho fora d'agua. haahha. Nesse desafio, tenho viisto muita gente (com eu) dizer que não era muito chegada nesse tipo de leitura. Mas, a minha leitura do desafio (assim como a sua, pelo jeito) foi prazerosa. Bjo e boa busca pelos livros.

    ResponderExcluir
  3. Héryda e Aline,

    Eu tbnão via graça neste tipo de leitura, mas bem que gostei do meu livros... coisas de desafio, supresas...

    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Que bom que você gostou! O desafio tem esse lance legal de estar tirando um pouco do preconceito com a leitura de banca. Eu adoro esse livro e a autora.

    bjos

    ResponderExcluir
  5. Nossa menina! O livro é hot, sua resenha seguiu o mesmo nível!!

    Resumo? Adorei e o lerei com certeza!!!

    Espero sua próxima resenha! Abraços!

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro esse livro e a autora. [2]

    Romances de banca tem uns não legais mesmo, mas a maioria é muito bom.

    bjs

    ResponderExcluir
  7. Já ouvi muitos comentários bons sobre a Linda Howard, mas nunca tive a chance de ler algo dela. Acho que já está mais do que na hora.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi, Hérida!
    O desafio tem rendido bons frutos no que diz respeito a novo olhares. Eu particularmente já desenvolvi a teoria de que a apreciação positiva de quem pouco ou nada lia dos romances de banca é devido em grande parte a boa seleção que vocês fizeram para o desafio. Afinal, a pesquisa foi profunda para definir cada escolha e o resultado tinha que ser esse. Fico feliz que o começo tenha sido bom. Òtima resenha, bem elucidativa. Sempre ouvi falar bem dessa série. Espero ter a oportunidade de lê-la em breve.

    Beijos
    Vivi

    ResponderExcluir
  9. Olá, Hérida!

    É bom ter a oportunidade de conhecer novos pontos de vista... Esse desafio está sendo ótimo!
    O ruim é que a minha pilha está aumentando consideravelmente... hehehe!

    Sua resenha ficou ótima! E o melhor foi que já li esse livro, então deu para reviver os bons momentos que eu tive com ele. Amei o Joe nesse livro...

    Até o próximo desafio.

    Bjo!

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Ótima resenha! Dá mesmo vontade de ter o livro. Vou ter que fazer uma lista de livros do Desafio que quero ler. rsrsrsr

    Bjo.

    ResponderExcluir
  11. Oi Hérida,
    Adorei sua resenha, que até fiquei com muita vontade de ler.
    Esse desafio literário promete, não é mesmo???
    Bjs.

    ResponderExcluir
  12. Oooo, legal o livro, que sorte v ter conseguido um com uma historia legal... Apesar que os Romances de Banca eu tenho sorte tbm, mas prefiro os mais antigos, eram mais legais, os atuais ja não sao tao bons .. XD
    Adorei a resenha...
    Bjbj

    ResponderExcluir
  13. Ei Hérida,
    Sua resenha ficou maravilhosa, também tive dificuldade pq nunca gostei muito de romance de banca.
    Eu fugi um pouco e escolhi Madame Bovary mais agora deu até vontade de ler um destes rs
    bjoo

    ResponderExcluir
  14. Legal, que bom que curtiu a leitura! Boa dica.

    ResponderExcluir
  15. oi Hérida!!!

    Estava com saudades...que legal que o livro foi bom...nada como um bom livro para começar o ano.

    Estou partcipando da promoção..tomara que esse ano minha sorte muse e eu ganhe alguma cosa.
    beijos

    ResponderExcluir
  16. Estou com esse livro em minha pilha e a vontade de lê-lo só aumentou com sua resenha!

    Eu sempre li - e leio - livros de banca e adoro! É bom ver mais gente descobrindo que há bons livros e autores nesse meio.

    bjs

    ResponderExcluir
  17. Oieee Herida..parece que todas demos sorte com a primeira leitura do ano!! Ainda bem!! Já vamos começar o ano e o desafio animadas...!! bjss

    ResponderExcluir
  18. Tô louca por este livroooooo!
    mas não acho em lugar nenhum!!!
    Quem entende do assunto recomenda e eu tô morta de vontade de ler!!
    BJ

    ResponderExcluir
  19. Oi Flor, vi que adorou o desafio hein, nossa essa é uma bela de uma resenha, ficou ótima e espero topar com os livros dessa série....Parabéns!!!!....bjus elis!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  20. Ameeeei*-*

    Assunto como preconceito racial, defesa da honra e luta por justiça me encantam.
    Vou procurar esse livro.
    Beijos
    Té mês que vem ;D

    ResponderExcluir
  21. Ola Herida.
    Eu passei a ler os livros de banca justamente pelo desafio, fui escolher a opcao Janeiro e acabei comprando um livro de banca à toa, dai... bum! Me apaixonei.
    Da uma passada no Garota tem teu baner de promo!
    Aline

    ResponderExcluir
  22. Olá Hérida.

    Ainda bem que você se identificou com o livro. Assim foi mais prazerosa a sua participação no desafio.Espero outras resesenhas suas.
    Boa sorte nos próximos livros.

    Abs,

    Rê Lima

    ResponderExcluir
  23. Eu gostei muito da sua resenha e do estilo da histo'ria!!! Ja' anotei na minha listinha. Eu nao dei esta sorte, mas vou continuar tentando ... Beijos

    ResponderExcluir
  24. Minha querida vim conhecer seu blog pela indicação da Elaine (um pouco de mim ) adorei vc esta de parabens
    bjs

    ResponderExcluir
  25. Adorei sua resenha. Deu pra perceber que você gostou mesmo do livro e se envolveu com a história. Muito bom quando isso acontece, não é?

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Báh Hérida que resenha bacana, super detalhada e crítica! Parabéns. Adorei.
    estrelinhas coloridas...

    ResponderExcluir
  27. Que bom que gostou da escolha. às vezes é difícil escolher as egas um livro.

    Tbm participo do desafio :)

    ResponderExcluir
  28. Não li o livro. Mais, me parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  29. Hérida, os chamados livros de banca estão ficando cada vez melhor, é preconceito achar que são só água-com-açúcar. Tente uma autora chamada
    Nora Roberts, ela tem livros na Ed. Harlequim (de banca) e na Ed. Bertrand e é ótima. A Nora está entre as minhas preferidas assim como a Linda Howard.
    abs Jussara Xavier

    ResponderExcluir
  30. MMM já coloquei na minha lista de compras, você me convenceu com a sua resenha! ;) bjs

    ResponderExcluir
  31. Meninas, por mais incrível que pareça, encontrei o meu Mackenzie. Ele é doce, muito doce. Protetor, amável, amante atencioso aos detalhes. Um corpo lindo. Olhos cálidos que enxergam dentro da minha alma. Se estou nervosa, me dá colo, mas invariavelmente, transforma qualquer afago em sexo. É só me olhar daquele jeito moleque que já sei o que vai acontecer...

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL