target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quinta-feira, 6 de maio de 2010

"OLHOS DE FALCÃO" (Alex Barclay)


"A vingança encontra morada na mais sombria das almas."

"Olhos de Falcão" é o romance policial de estréia da autora Alex Barclay, e está sendo lançado este mês pela Bertrand Brasil.
O livro é um thriller ágil e cativante, depois que peguei o ritmo foi impossível de largar. Li praticamente em uma sentada.
Os personagens da trama são ricamente desenvolvidos, e a ambientação bem descrita. A trama se passa em uma pequena vila no litoral da Irlanda, onde a atmosfera de tranquilidade e tradição é contagiante. Eu consegui imaginar as encostas, o mar, as florestas ao redor da vila, e principalmente o antigo farol.
Outra característica do livro que me surpreendeu e me agradou muito, foi que "Olhos de Falcão" não é um thriller que foca somente o crime e sua investigação. O livro explora a psicologia dos personagens, as dificuldades e a burocracia frente a uma investigação mal conduzida, problemas familiares, um casamento em crise, e os devaneios de um psicopata.
****

Texas 1985
Duke e Donnie são amigos fiéis. Unidos pela dor e omissão. Um pacto sombrio os manteria ligados na perversão e na maldade, e somente a morte é capaz de separá-los.

Nova York
- Isso está fácil demais! Pensou Joe Lucchesi. Porque o sequestrador devolveria a criança para a mãe sem nenhum arranhão?
A resposta para sua pergunta foi logo respondida, o pior aconteceu. Só pode ser um pesadelo! Tomado pela fúria, saiu no encalço daquele maníaco. Logo o encontrou, e sem pensar duas vezes disparou 6 balas em seu peito.

Um ano depois
Após o trágico desfecho de seu último caso, Joe decidiu se afastar do Departamento de Policia de Nova York. Há seis meses estava vivendo em uma encantadora vila de pescadores no litoral da Irlanda, graças à sua mulher, Anna. Preocupada com o casamento e seu filho Shaun, ela os levara para lá a fim de tentar salvar o que amava. Ela, uma designe de interiores, aproveitou para restaurar Shore's Rock, um antigo farol castigado pelo tempo, mas que ainda mantinha o seu encanto.

O desaparecimento e o assassinato de uma jovem, a namorada de Shaun, trouxeram o caos e o medo para a pacata vila.
A paz e a tranquilidade que Joe encontrou não duraram muito tempo. Inesperadamente seu filho se tornou o principal suspeito. Ele não gostou do rumo que a investigação estava tomando. Ninguém percebia aqueles erros?
Pistas desconexas, depoimentos contraditórios, e testemunhas sem credibilidade, estavam sendo levadas a sério. Precisava agir.
Ali ele não era um policial, e os responsáveis pela investigação não queriam sua ajuda. Joe teria que agir por conta própria, e rápido.
Porém quanto mais ele investigava, mais se via afundando naquele lamaçal. Seu filho estaria mentindo?
Nada fazia sentido!
De inicio pensou que estava perdendo a razão, mas logo percebeu que o caso era mais complexo que o assassinato de uma adolescente.
Alguém atravessou o oceano atrás dele. Ele era o alvo e sua família corria perigo.
Joe correrá contra o tempo para manter sua família a salvo e unida. Terá que reunir todas as suas forças, e deixar suas fraquezas de lado para enfrentar aquele maníaco.
Um homem movido pelo desejo de vingança.
Um elo, há muito tempo forjado na loucura e na maldade, fora rompido. E O responsável pagará caro por isso.
****
O protagonista não é o típico policial que estamos habituados a encontrar nos romances policiais. Ele não tem aquele perfil clichê, machão, mandão, auto-suficiente, e com uma sorte danada para encontrar pistas. Joe e muito humano, comete erros, possui fraquezas, às vezes é inseguro, e muitas vezes duvida de sua capacidade. Ele é tenso como uma corda de violão, às vezes parece que entrará em colapso, que vai enlouquecer. Ele é intenso e instável.
Essas características fizeram com que eu me simpatisasse com ele.

Até que ponto a negligência e os maus tratos são capazes de moldar o caráter de uma criança?
Duke e Donnie tiveram uma infância sofrida e traumática. Ao conhecer esse período que deixou cicatrizes profundas, principalmente em Duke, eu "quase" me peguei tentando justificar seu comportamento desumano. Mas não dá, ele é cruel demais.
Eles encontram um no outro o apoio e a confiança que não podiam ter com mais ninguém. Se identificaram com uma espécie de ave, e viram em seu comportamento um estilo de vida.
O Falcão de Harris é a única ave de rapina que caça em grupos, como lobos. Eles avaliam a presa, caçam, e a matam. São focados, inteligentes, e precisos. Duke queria ser como os falcões, caçar na companhia de Donnie e ser letal. Mas conseguimos perceber que há um líder na matança, o outro é mais tímido, se comporta mais como cúmplice e ajudante.

A escrita de Alex Barclay possui um compasso perfeito, intercalando o tempo passado e o presente sem perder o ritmo. A narrativa é ágil, mantendo o leitor envolvido à cada pagina virada. Os acontecimentos relatados na década de 70 auxiliam o leitor a compreender o caráter dos criminosos, e a visualizarmos a evolução e o desenvolvimento de um assassino.
O final ainda nos reserva surpresas, e há um gancho para contiuação que atiça a curiosudade do leitor.
Nossa...gostei demais.

Se você é um amante dos romances policiais, ou está afim de conhecer este gênero literário, "Olhos de Falcão" é o livro certo. Leia já, porque vale a pena.



13 comentários:

  1. Oi, Hérida!

    Adoro romances policiais. Mas, ave! Quanta coisa pra ler e tão puco tempo...

    Mas já anotei o título, um dia eu chego lá! rsrs

    bjssssss

    ResponderExcluir
  2. "está afim de conhecer este gênero literário, "Olhos de Falcão" é o livro certo."

    Acho que vou tentar. Entre na lista Olhos de falcão!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, adorei a resenha... parece ser um livro bem interessante... mais um pra lista...rss

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  5. Hérida,

    Ok. Você ainda vai me deixar no vermelho no cartão de crédito (reserva) rsrsrsrs. Eu já tinha achado este livro fantástico só pela capa perfeita e agora então tenho que comprar.

    A história realmente foge bastante do policial normal e parecer ser bem complexa. Adorei as várias vertentes e morri de curiosidade para conhecer logo o Duke.

    Adorei a resenha.

    bjo

    ResponderExcluir
  6. Oi Hérida
    O livro parece ser maraaa!
    Eu preciso ganhar de alguém.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Oi
    O livro parece ser muito bom.
    adorei a resenha
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Gostei da temática. Não li muitos policiais, mas tenho curiosidade. Sua resennha me animou.
    B

    ResponderExcluir
  9. parece ser muito bom esse livro.

    ResponderExcluir
  10. Herida;
    Esse livro parace mto bom, doida para ler tbm !!!

    ResponderExcluir
  11. acabei de ler o livroo
    é fantastico !

    estou a procura de outros livros da Alex
    pesquisei no site dela , mais nao sei onde encontro aqui no Brasil

    ResponderExcluir
  12. Eu já estava com vontade de ler esse livro. Agora eu fiquei mais empolgada. Gosto muito mais de livro que mostram os personagens, não só a história. Muito boa a sua resenha!!

    Mais um pra minha lista(ela só aumenta) !!

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL