target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

"A ARMADILHA DE DANTE" (Arnaud Delalande)

Deixai toda esperança, ó vós que entrais.

A Armadilha de Dante do autor francês Arnaud Delalande é um romance policial ambientado no séc. XVIII, que tem os canais de Veneza, La Sereníssima, como palco de uma série de assassinatos. Um livro que descreve uma Veneza decadente e sedutora, cheia de intrigas, traições e jogos políticos.
Às vésperas do Carnaval de 1756, La Sereníssima, com toda sua pompa e glória, encontra-se em uma situação desesperadora. Durante seis meses, as festividades do Carnaval permitem que seus habitantes caminhem sob o anonimato, onde toda cidade se esconde sob máscaras, e assim, realizam suas fantasias mais secretas. Esse cenário sedutor e excitante se mostra perfeito para uma mente maligna.
~~~*~~~
Franchesco Loredan, príncipe da Sereníssima, 116º doge de Veneza, tinha preocupações bem inquietantes. Uma sombra passava sobre a República. Os criminosos mais odiosos nela penetraram, não é mais possível ignorá-los.
Um assassinato repugnante foi perpetrado, nunca houve nada semelhante em Veneza. 
A suspeita de uma conspiração e, a possibilidade de membros do governo estarem envolvidos, levaram o doge a tomar uma decisão drástica. Mesmo ferindo a Constituição de Veneza e correndo todos os riscos que tal atitude representa, foi decidido manter as investigações em absoluto sigilo. Era impensável proceder uma investigação pública às vésperas do Carnaval. A gangrena já se instalou, chegou a hora de extirpar a podridão pela raiz.
Uma ideia estranha, mas que se mostrou a única saída, foi apresentada. Oferecer a liberdade a um condenado em troca de seus serviços. Mas o escolhido não é qualquer criminoso. 
Um homem tão apaixonado pela vida e pela liberdade que não se arriscaria a fugir, um patife, adúltero compulsivo, jogador e libertino, mas que guarda algum senso de honra...Pietro Viravolta, o lendário Orquídea Negra. Ele maneja a espada como ninguém, sabe obter confidência das pessoas e se, sua inteligência for posta a serviço de uma causa nobre, pode salvar Veneza.
Pietro aceitou o trabalho, afinal, essa era sua última chance de conquistar a liberdade e de rever seu grande amor, Anna. Assim que deixou a prisão dirigiu-se imediatamente ao local do crime, o corpo ainda estava lá. No teatro San Luca o espetáculo se mostrou um verdadeiro horror. O cadáver estava totalmente nu, havia sido crucificado, tinham-lhe colocado uma coroa de espinhos, seus olhos haviam sido arrancados das órbitas e no torso havia uma inscrição talhada a faca.
Seguindo as pistas encontradas no local, Pietro se deparou com uma possibilidade terrível. O que ele sempre achou que fosse um mito, de repente, lhe parecia bem real.
Essa morte poderia ser obra da seita satânica Pássaros de Fogo?  Tudo indicava que sim.
Essa nova possibilidade o levou a pesquisar sobre ocultismo e magia negra. Foi então que ele encontrou a ligação...A Divina Comédia. As inscrições no corpo do ator eram as mesmas do poema de Dante, a morte reproduzia a punição do primeiro círculo do Inferno. O medo tomou conta de Pietro. O poema possuía nove círculos, que culminavam no aparecimento de Lúcifer em pessoa. Isso queria dizer que haveria mais oito assassinatos. O Terror estava apenas começando.
Os corpos começaram a se acumular e, quando Pietro percebeu, estava mergulhado em uma rede de conspiração e intrigas. Sua liberdade e sua vida corriam perigo, mas ele não deixará Il Diávolo escapar. As fantasias e mascaras que enchem as ruas de Veneza não serão suficientes para ocultar a verdadeira face do mal. Nem mesmo Lúcifer escapará do fio da espada do Orquídea Negra.
~~~*~~~
A narrativa de Arnaud Delalande é muito detalhada e oscila entre momentos de ação e morosidade. Ao contrário do que a sinopse transmite, A Armadilha de Dante não é um thriller, é um romance que prioriza os detalhes da investigação e a descrição das intrigas politicas. Confesso que eu demorei um pouco para entrar no ritmo da história, há momentos cansativos, mas quando percebi estava totalmente envolvida com o Orquídea Negra.
A Trama utiliza o poema A Divina Comédia de Dante Alighieri como pano de fundo para os assassinatos que estão assolando Veneza. Como no poema, o autor dividiu o livro em nove capítulos e cada um representa um dos círculos do Inferno, citados na Divina Comédia.
A todo momento o mal é citado como algo concreto e palpável, e se a intenção do autor foi conferir à história um ar pesado...ele conseguiu. O livro praticamente exala enxofre. Não é uma leitura fácil e fluída, mas é uma leitura que prende pela tensão.

A Armadilha de Dante não é um livro que agradará a todos. Ele é complexo, extremamente descritivo e conduzido de forma lenta, mas que também possui uma instigante teia de conspiração, espionagem e misticismo.

Delalande, Arnaud. A Armadilha de Dante. Record, 2009. 418. p

14 comentários:

  1. Ai ai vou te q te falar o mesmo q falei para a Nanda... vou ter q deixar de ler suas resenhas, a cada nova eu quero mais umm livro e vcs serão responsáveis pela minha felência...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Hérida!

    Esse livro não conhecia...
    Parece incrível =O
    Muitoo bom!

    bjusss

    ResponderExcluir
  3. Hérida,

    Assino embaixo do que a Kate disse.
    Vou começar a mandar minhas faturas pra vc e pra Nanda pagarem! kkkkkkkk
    Eu já adorei o livro logo de cara pela capa... e agora, depois da sua resenha, QUERO MUITO LEEERRR! rsrs

    Beijão!

    ResponderExcluir
  4. Ahhhh, eu acho que gostei, apesar de sua hesitação... achei legal demais a resenha! kkkkk!
    Se vc ficou na dúvida, quando vc conta um pouco da história, não demonstra!!
    Bjoks =)

    ResponderExcluir
  5. Ei Hérida,

    Bom que todos da Record que eu não leio, pelo menos a resenha eu vejo aqui e sei se vou querer ou não hehehe

    Este eu não sei se faz meu estilo, lá no começo quando vc tava descrevendo eu amei e pensei que era um thriller mesmo, mas agora não sei se eu ia gostar.

    De toda forma a resenha ficou perfeita ^^

    bjoo

    ResponderExcluir
  6. oi Herida, não conhecia o livro, mas gostei da história.
    Vou querer ler e espero não me decepcionar. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Estou sorteando quatro livros em meu tumblr sobre literatura! Aparece por lá!


    http://guiadaestante.tumblr.com/

    ;)

    ResponderExcluir
  8. Oi Hérida!
    Parece interessante, obrigada pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Nossa voce adora esse tipo de livro, não é mesmo?
    A resenha esta otimo, esses livros q se passam antigamente são fantasticos

    Um bjo e feliz fim de ano

    ResponderExcluir
  10. Hérida, nossa eu fiquei empolgada com a história.
    Acho que eu ia gostar :-)

    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Eu tenho um pouquinho de medo desse tipo de livro. Serio.Quando leio algo de gênero, passo dias meio impressionada.Acho que não leria não...heheheh. Otima resenha.Bjkss

    ResponderExcluir
  12. Hérida,não conhecia este livro,e parece muito bom. Adoro livros que se ambientam na Idade Média.Vou ler com certeza. Mas Meyre, também tenho muito medo de certas leituras, e sou bem seletivas qt a isso, mas acho que este não é TÃO assim como os de vampiros ui,ui,ui!!!!
    Beijo em todas

    ResponderExcluir
  13. Apesar da resenha impecável, a história não me agradou muito, acho que justamente por ser complexo! =/

    BjosS

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL