target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

sexta-feira, 25 de março de 2011

"A CRUZ DE MORRIGAN" (Nora Roberts)

Sua boca apertou a dele, faminta, os quadris se erguendo e se oferecendo. Ele lutou com o restante das próprias roupas, esforçando-se para devorar o mais que pudesse dela à medida que o calor se acentuava entre os dois...
Paixão e poder açoitaram os dois, levando-os à beira da loucura. Ainda Assim, ela o entrelaçou com as pernas, encarando-o mesmo enquanto as lágrimas atribuíram brilho aos seus olhos.
Ele a sentiu encolher-se sob si, tencionar-se como um arco. Quando a luz explodiu por seu corpo, tudo o que Hoyt pôde fazer foi sussurrar o nome dela.
Pag. 206

"A Cruz de Morrigan" é o primeiro livro da Trilogia do Círculo escrita por Nora Roberts. Um livro repleto de fantasia, magia e seres sobrenaturais, e mesmo sendo um tema já muito explorado, a autora conseguiu reunir todos esses elementos de forma criativa. Afinal....quem nasceu "rainha", nunca perde a majestade.
~~~*~~~
Eire, região do Chiarrai - 1128

Uma tempestade irrompia dentro dele, tão sombria e furiosa quanto a que avançava pelo mar. O nome de sua tempestade interior era luto e dor.
Era o sofrimento que faiscava em seus olhos e lhe dava forças para enfrentar a morte.
Seu nome era Hoyt e sua família, os Mc Cionaoith, descendiam de Morrigam, deusa e rainha das fadas. Ele era um feiticeiro e seu poder vasto, e o utilizaria para desafiar o demônio, Lilith, que transformara seu irmão gêmeo em um vampiro e o condenara ao inferno.
Hoyt jurou, em nome da deusa, destruir Lilith. Morrigam ouviu seu clamor e viu que o feiticeiro era digno. Havia sacrifícios a serem feitos, batalhas a serem travadas e sangue, inocente ou não, a ser derramado. Hoyt foi o escolhido para uma tarefa grandiosa.

Os demônios que se alimentavam de sangue estavam se reunindo. Ele precisaria enfrentar esta força em batalha durante o festival de Samhain.  Deveria ir para outro lugar e se reunir a outras pessoas, algumas o encontrariam; outras, ele teria que procurar.
Um círculo de seis, tão forte e genuíno quanto o exército de um deus: O feiticeiro, o guerreiro, a erudita, aquele de múltiplas formas e o que perdeste. Eles deveriam sair vitoriosos ou o mundo que conheciam e os mundos que ainda tinham a conhecer seriam destruídos.
A batalha que decidiria o destino da humanidade seria travada com a espada e o bastão, com dentes e presas, com sabedoria e traição. Mas antes desse dia chegar, ele deveria viajar através do tempo e encontrar seu irmão, Cian.  O lugar chama-se Nova York e existia quase mil anos à frente de onde ele estava agora.

Cian foi apenas o primeiro que se uniu a Hoyt, os outros; predestinados a lutar esta batalha, chegariam cada um a seu tempo.
Quando a bruxa da profecia, Glenna, juntou-se ao grupo, o inesperado aconteceu. Hoyt não estava preparado para encontrar amor e ternura em meio a trevas e destruição. Mas o enlace de seus corpos e almas fazia parte de seus destinos. Hoyt descobriu que fora enviado não só para lutar aquela guerra, mas também para encontrar Glenna...para se encontrar.

Como havia sido profetizado, a princesa erudita; Moira, e aquele que assume múltiplas formas; Larkin, se uniram ao grupo. A última a chegar foi Blair, a guerreira.
O círculo dos seis estava formado, e antes de se entregarem a seus destinos, eles deveriam se conhecer e se fortalecer. Apenas unidos na força e no espírito seriam capazes de vencer a grande batalha que se aproximava.
~~~*~~~
A premissa de "A Cruz de Morrigan" envolve o círculo dos seis, que unidos devem lutar contra o mal, representado por Lilith. A história possui um desenvolvimento rápido, envolvente e personagens muito bem desenvolvidos e caracterizados, física e emocionalmente. A interação entre eles é muito intensa, tanto nas diferenças quanto nas semelhanças. Os personagens apresentam uma relação de dependência devido ao objetivo que devem alcançar, e essa ligação, se fortalece exponencialmente ao longo do livro. Da mesma forma, o leitor se identifica e se afeiçoa aos personagens conforme o enredo evolui.

Nesse primeiro livro, acompanhamos o encontro dos integrantes do círculo de seis, e sua batalha diária para superar as diferenças e se tornarem um grupo unido e focado em sua missão. A amizade, o voto de confiança e a lealdade são conquistadas pouco a pouco, e o grupo se fortalece dia a dia, enquanto se conhecem e aprendem juntos como enfrentar o inimigo.

Hoyt, o feiticeiro, é o personagem chave. Ele é descrito como um homem introspectivo, compenetrado e que desenvolve sua arte sem distrações. Essa personalidade me atraiu, ele é um personagem forte e decidido. A demonstração de amor e dedicação ao irmão, é linda. Ele se culpa e se martiriza pelo destino de Cian, e Hoyt está disposto a resgatá-lo da escuridão em que vive.
Por outro lado, seu irmão Cian, o vampiro de quase mil anos, foi quem realmente ganhou meu coração. Ele esbanja atrativos, sarcasmo e uma sensualidade elevada à décima potência. Cian rouba todas as cenas em que está presente.

Glenna, a bruxa que compõe o grupo de guerreiros, é uma mulher moderna e simples, mas que é extremamente ligada a tradições e rituais. Ela é inteligente, intensa e muito carismática. 
Porém, não consegui me deixar levar pelas magias apresentadas no livro. Achei que Nora descambou um pouco para o absurdo nos feitiços. O problema é que senti falta de uma introdução a esse mundo fantástico que a autora criou. Não estava preparada para encontrar toda a gama de seres sobrenaturais de uma só vez, somos apresentados a vampiros, feiticeiros, deusas, metamorfos, caçadores de vampiros e viagens no tempo sem preliminares. rsrs
Mas essa é uma crítica pessoal, ficou aquela sensação de que faltou alguma coisa durante a leitura.

O ponto alto da história é a ação e aventura, mas o romance entre Hoyt e Glenna consegue arrancar suspiros. O final é cruel, o livro termina justamente no auge da ação e enquanto estamos com o sangue fervendo. Estou ansiosa pela continuação e desejosa para reencontrar  Cian.
"A Cruz de Morrigan" é uma viagem a um mundo fantástico e romântico, onde o leitor sofre, se apaixona e luta junto com os guerreiros do círculo dos seis.

Roberts, Nora. A Cruz de Morrigam. Bertrand Breasil, 2011. 363. p (Trilogia di Círculo, Vol. 1)

24 comentários:

  1. Ótima resenha, estou louca para ler o livro. Já comprei meu exemplar, agora é esperar receber e encaixar na lista de leitura.
    Bjkas!!

    Monique

    ResponderExcluir
  2. Hérida, eu amoooo essa Trilogia da Nora. Quem nasceu rainha nunca perde a majestade mesmo. Concordo plenamente !!!!!!

    Adorei a resenha :-)

    Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Ei!
    São tantos livros da Nora que eu babo pelas resenhas que fico sem saber qual ler.
    Apesar desse ser sobrenatural e eu querer cumprir minha meta de fugir o máximo que conseguir destes temas, fico mto tentada a ler este livro.
    Mas para achar o final cruel, tendo o livro terminado no auge, acho que vou esperar sair a série toda =P
    Bjins querida!

    ResponderExcluir
  4. Agora sim, to ainda mais ansiosa para ter/ler ese livro. Amei sua resenha amiga, que primor, a gente consegue visualizar bem o que esperar do livro, só não gostei do final, que vai me fazer ficar doida na sequência.
    Tomara que eu ganhe de presente, por que fechei a sacola de compras até depois do dia 20/04, que é meu niver, kkk

    ResponderExcluir
  5. Já li e achei muito bom. =)

    Eu fiquei com a sensação de que os outros serão melhores. Não tive a sensação do "absurdo dos feitiços", mas tive a sensação de muita informação junta. Acho que foi pelo fato de ser o primeiro, tanto que achei que o romance ficou em segundo plano se compararmos a outras trilogias da Nora.

    Mas quero deixar claro que gostei muito do livro e estou super ansiosa para ler os seguintes. Já estou loucamente apaixonada pelo Cian e seu jeito sarcástico e amargurado de ser.

    bjokas

    ResponderExcluir
  6. Ai, já comprei... falta chegar... #ohvida!!
    Estou ansiosa pra ler, mas agora que você falou que o livro acaba no auge, como vou aguentar??
    Nora é sempre maravilhosa, né?? Mesmo quando um livro dela deixa um pouco a desejar, consegue ser muito melhor do que a maioria dos que estão por aí...
    Pela sua resenha, já fiquei doida pra ler sobre o Cian... já vi que é o meu nº...rss

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  7. ei Hérida.
    estou doida para ler esse livro e olha que nem sou muito fã dos livros da Nora.
    Pela sua resenha tenho quase certeza de que vou gostar da história.
    Na primeira oportunidade vou comprá-lo. ^^

    beijos.

    ResponderExcluir
  8. Ei Hérida,

    Resenha perfeita, vc se superou ^^

    Eu adoro os livros da Nora, estou muito curiosa para ler este pq normalmente os livros dela não tem um enredo tão abrangente. E sempre um casalzinho e o ciclo de amizade deles.

    Quero ler e ver como ela se saiu no sobrenatural, tbm não gosto quando não tem introdução de nada.

    bjo

    ResponderExcluir
  9. Eu tb gostei do livro, sim o univverso fantástico ficou meio viajado... mas quem sabe ela ainda naum explica...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Não sou fã da Nora mas "A CRUZ DE MORRIGAN" com certeza Quero ler afinal sou adoro tudo que é sobrenatural.

    Beijos
    Blog Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  11. Ahhhhh... Estou doida para ler...

    Estou com o livro aqui em casa que ganhei no sorteio da editora no twitter... Mas tem muitos na frente ainda hauaha..

    Otima resenhaaa..

    Bjuss

    ResponderExcluir
  12. Como sempre a sua resenha ficou ótima e me deixou ultra curiosa para ler esse livro >< heheheheh

    ResponderExcluir
  13. eu ainda nao li nenhum livro dela, quero mt mt ler *-*
    adorei a resenha

    ResponderExcluir
  14. Eu relutei... mas com essas resenhas que ando lendo ultimamente, vou ter que me render a esse livro!! hahaha
    Beijos
    Camila

    ResponderExcluir
  15. Estou literalmente pirando com essa série! Com uns trechos que eu li por aí, ui ui... Hahaha.
    Estou torcendo muito pra ganhar o livro em alguma promoção, mas se não ganhar, com certeza comprarei o livro
    A Nora é minha autora preferida e essa trilogia promete ser tudo de bom!
    Amei a frase 'Afinal....quem nasceu "rainha", nunca perde a majestade' *-*
    Adorei a resenha =)

    ResponderExcluir
  16. Oii! O livro parece ser ótimo, só vejo bons comentários a respeito dele, o que estimula bastante minha curiosidade.
    Quando ler, espero assimilar bem esse reino de fantasia tão grande que você disse.

    Adorei a resenha!

    Beijos, Ju

    ResponderExcluir
  17. Oi!

    Nora Roberts é muito bom, né? Tô muito curiosa para ler essa nova aventura de vampiros! Com a Nora, deve ser mesmo muito bom!
    Parabéns pela resenha!

    Bjos!

    ResponderExcluir
  18. Há duas resenhistas que sempre me fazem perder dinheiro e és uma delas, Hérida...
    É que quando venho ler estas resenhas, preciso sair diretinho pra comprar o livro!!!!!! Assim vou à falência kkk

    Mas é isto mesmo, qualidade - e é o que mais amo neste blog ;-)

    Indiquei, inclusive, um selo pra ti o//
    SELO STYLISH BLOGGER AWARD http://t.co/TQDx2xn

    Beijo, querida!
    This

    ResponderExcluir
  19. Este é o meu próximo livro de leitura. Bjs, Rose:D

    ResponderExcluir
  20. Adorei a resenha! Esta muito boa,me incentivou a ler o livro.
    Espero logo poder ler-lo, o tema me deixou muito curiosa também.
    bjs

    ResponderExcluir
  21. Oi Hérida, Nora é uma show de escritora mesmo. Pegar um assunto tão explorado quando os seres sobrenaturais e fazer um livro fantástico como esse é só pra ela mesmo.

    Estou curiosissima para conferir o que ela nos reservou e o que tem de diferente para contar.

    Xero.

    ResponderExcluir
  22. Olá Hérida, é a primeira vez que comento aqui no seu blog!!! Eu comprei esse livro assim que o vi na prateleira, "devorei" em menos de uma semana. O que me levou a comprar o livro foi principalmente o fato de Nora usar Lilith como personificação do mal.
    Quanto à magia, confesso que também achei fantasioso demais, meio Harry Potter, no mundo da magia Nora foi brilhante na Trilogia da Magia, que continua sendo minha preferida.
    Mas confesso que toda semana passo na livraria em busca da continuação dessa nova trilogia.
    Aproveito para indicar um livro, O Oráculo de Luna.
    Bjs e muitas leituras. Carol

    ResponderExcluir
  23. Amanda Fernandessábado, 11 junho, 2011

    Eu quero muito esse livro!

    ResponderExcluir
  24. cara esse livro é magicoooooooooo..amei,amei,amei!!!!!!!!1

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL