target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

sexta-feira, 8 de abril de 2011

“O PRAZER DE MACKENZIE” (Linda Howard)

O primeiro beijo deles… e já tinham feito amor. Barrie ficou chocada ao perceber o quanto tinha sido tola em abrir mão do prazer dos beijos. Os lábios de Zane eram firmes, quentes, sedentos. Ela se entregou ao beijo com um pequeno som de surpresa e encantamento…
Alguns minutos depois, Zane deitou a cabeça sobre o cobertor. Estava levemente ofegante, as pálpebras pesadas.
— Tenho uma outra pergunta.
— O quê? Ela não queria desistir dos deleites daquela boca…
Ele riu sob a boca de Barrie. O som rouco e profundo a encantou…
— Vai me deixar ficar no topo dessa vez?
Pag. 118

“O Prazer de Mackenzie” é o terceiro romance da série Família Mackenzie escrita por Linda Howard. Sou apaixonada pelos Mackenzie, uma família de homens impetuosos e guerreiros natos; pois carregam em suas veias a força e a virilidade do sangue Comanche, tribo indígena norte-americana, e de Celtas. Se você ainda não conhece essa série de livros de banca, leia as resenhas dos livros anteriores… A Montanha dos Mackenzie e Missão Mackenzie.
~~~*~~~
Zane Mackenzie não estava feliz. Ele era um SEAL e odiava ficar à margem de seus homens, não havia gostado de trocar as ações pela parte administrativa. Tinha 31 anos e começava a parecer que seu sucesso no campo escolhido iria impedi-lo de praticar aquilo que nasceu para fazer. Quanto mais alto o posto do oficial, menos provável que se envolvesse diretamente na ação. Todavia, uma missão acabara de ser atirada em seu colo, e ele não a deixaria escapar por nada.

Barrie Lovejoy, a filha de um embaixador americano havia sido sequestrada e estava sendo mantida refém na Líbia. Os terroristas eram hostis e a vida da jovem estava em perigo, a equipe de SEALs comandada por Zane deveria resgatá-la o quanto antes.
Chegando ao local do cativeiro, Zane se surpreendeu com a aparecia frágil de Barrie, mas logo percebeu que ela era forte e determinada. Estava disposta a lutar por sua vida e não desistiria de sua liberdade.

Durante a operação de resgate, algo saiu errado. Zane e Barrie foram obrigados a se separarem do resto da equipe, e tiveram que se refugiarem até a poeira abaixar. A insegurança e o medo aproximam Barrie do homem que a salvou, e ela pede que ele seja seu primeiro amor. Ela necessita estar entre seus braços, precisa do calor e da segurança que eles oferecem.
A atração e a paixão são avassaladoras. Barrie não esperava se apaixonar, ela sabe que logo estarão fora daquele país e provavelmente não se veriam mais. Será que Zane havia concordado com aquilo apenas por pena? Será que ele iria querer vê-la quando tudo isso acabasse? Mas Barrie não perguntaria, não pressionaria seu salvador….seu amor.
Após a operação de fuga, Zane e Barrie são afastados. Eles pertenciam a mundos diferentes, ele era a filha de um embaixador, e ele um soldado a serviço de seu país. Porém a paixão e as horas de amor que compartilharam não pôde ser esquecida.

O perigo ainda ronda a família de Barrie, e sua vida está sendo ameaçada. Zane e Barrie terão que enfrentar muitos desafios antes que possam ficar juntos outra vez…e para sempre.
~~~*~~~
O que dizer de “O Prazer de Mackenzie”? Linda Howard continua mesclando ação, aventura e paixão de forma espetacular. Todos esses elementos são introduzidos na trama, mas sem perder o foco no romance. Pelo contrário, a ação é o estopim…a centelha que alimenta a paixão que une os protagonistas. Até o momento, os três volumes da série são marcados pela presença de um enredo policial ou de espionagem, o que torna essa série ágil, sensual e impossível de abandonar. Sem contar os homens da família Mackenzie que são extremamente sexies e apaixonantes.

No início do livro conseguimos matar um pouquinho a saudade de Wolf Mackenzie, o papai tudo-de-bom do primeiro volume. Através dos pensamentos e angústias de Wolf com relação a seus filhos, somos atualizados sobre a situação da família Mackenzie e o papel que cada um possui no momento. Os personagens são explorados na medida certa, desde as cenas que descrevem seus conflitos emocionais até as cenas de sexo, conseguimos vivenciar e sentir o que a autora planejava transmitir…ora apreensão, ora excitação.

Zane é um líder, mantendo as características dos Mackenzie…homens sensuais, carinhosos e cuidadosos com suas mulheres, que desejam uma família grande e insaciáveis na cama. Eu ainda sonho com um desses...

Barrie é descrita como uma mulher inexperiente, mas que tem uma vontade de ferro, e muita força para vencer os obstáculos. A paixão entre os dois nasce enquanto Barrie está mais frágil, o medo e a insegurança a aproxima de seu salvador…Zane. É uma situação inusitada, uma forma meio estranha de iniciar uma relação, mas que funcionou muito bem em “O Prazer de Mackenzie”.

Não se deixe limitar por opiniões bobas e preconceitos infundados. Os romances de banca também podem ser uma ótima leitura… Leve, descontraída e muito divertida.

19 comentários:

  1. Adoro os Mackenzie, eles são tudo de bom, maravilhosos, não perde em nada para os livros que encontramos ai.
    Gosto da escrita da Linda Howard, ela consegue deixar seus livros eletrizantes.
    Adorei ver os Mackenzie aqui no Lendo, amei de verdade!

    ResponderExcluir
  2. Confesso que nunca ouvi falar dessa série, mas achei mto legal a resenha.
    Me lembrou aqueles romances das antigas de revista.
    Mas acho esse tipo de leitura muito engraçada, pura diversão.
    Interessante é o desenvolvimento de um relacionamento entre a mulher salva e o herói da história, parece clichê, mas se for bem construído(como parece, pelo que vc falou) acho que vale a leitura!

    Eu achei a história um pouco machista, rsrsrs. Mesmo sendo escrita por uma mulher, podia ser o contrário: uma família de mulheres dominadoras, sexies e poderosas...

    ResponderExcluir
  3. Dizem que essa série é ótima! Eu não tenho preconceitos quanto a livros de banca, mas tenho grandes dificuldades em adquiri-los. A Harlequin, por exemplo, vende seus livros em sua loja online, mas o frete é caro demais...
    Seria interessante se esse tipo de livro passasse a ser vendido nas grandes livrarias (como Saraiva e Submarino) - porque facilitaria a compra dos mesmos ^^
    As bancas da minha cidade, infelizmente, não têm o menor cuidado com os livros de banca. Ficam todos empilhados de qualquer jeito. O resultado é que os livros sempre ficam amassados (até mesmo rasgados) e ninguém quer adquirir um livro assim...

    ResponderExcluir
  4. Eu já li um livro dos Mackenzie e adorei!
    Era Missão Mackenzie! Isso!
    ótima resenha!
    Pena que não li!
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  5. Sou louca pelo pai dele1 Quero um Wolf Mackenzie pra mim!!!! Zane também não deixa a desejar, todos ele são demais!!!!

    ResponderExcluir
  6. Oi Hérida!
    Eu adoro romance de banca! Tenho toda uma coleção deles na minha estante.rs
    Ainda não li nenhum livro dessa coleção, mas gostei muito da resenha e fiquei curiosa para conhecer os Mackenzie. Me lembra muito os MacGregor da Nora Roberts.rs
    Bjos!

    ResponderExcluir
  7. Não tenho preconceitos também com livros de banca, mas não são muito do meu interesse, me parece que sempre o sexo está no centro da história...Um dia vou comprar na banca uns três e ler para ver se o que disse é coisa da minha cabeça ou não. Parabéns pela resenha.kisses ^-^

    ResponderExcluir
  8. ei Hérida,^^

    eu amo esse livro, ele é praticamente meu favorito da série.
    Zane e Barrie são um casal lindo e o amor deles surge de uma forma tão fofa.
    vou ter que reler, kkk.

    beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oie Hérida,

    Adorei!!!

    "Não se deixe limitar por opiniões bobas e preconceitos infundados. Os romances de banca também podem ser uma ótima leitura… Leve, descontraída e muito divertida."

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Esse dai naum me atraiu mto naum... mas sem preconceitos contra romances de banca!!!

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Essa série é deliciosa, mas nenhum dos filhos consegue superar o "papai" Wolf rs.

    ResponderExcluir
  12. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhh Que lindo ver o "Meu Zane" por aqui! heheheh

    Falando sério, eu gosto muito de todos os homens Mackenzie, mas o Zane tem seu lugar especial em meu coração. Mais que o Wolf, bem mais que o Joe e muito muito mais que Chance, e trocentas mil vezes mais que a história da Maris (credo). Talves por ele ser descrito como o "homem letal" todo frio e durão e tal, mas que foi "tudo aquilo" com a Barrie na situação extrema que passaram... Ou por causa da cicatriz na face?? Sei lá, adoro uns "cicatrizados" hehehe.
    A verdade é que todos os Mackenzie foram mocinhos perfeitos, salvadores apaixonantes, mas o casal Barrie e Zane "deu certo".
    ... E tem todos aqueles trechos superengraçados do Seven Up, também né????

    Ahhhhh, Hérida, amei a resenha, foi ótimo relembrar e agora também vou ter que reler hehehehe. Saudaddis do meu cavalheiro da armadura brilhante moderno preferido =).

    ResponderExcluir
  13. adooorei *-*
    suuuuuuuper interessante

    ResponderExcluir
  14. Oi Hérida, concordo com vc que os romances de banca podem ser muiiiiiito bons mesmo. Já li muitos romances de banca que dão de dez a zero nos de livraria.

    Nunca li nada da Linda, mas levarei em consideração sua opinião sobre esse livro quando for escolher algum dela pra ler.

    Xero.

    ResponderExcluir
  15. Não lembro de ter lido nada da série, mas parece bem legal. Acho bobagem ter preconceito contra os romances de banca. Acho super válido pegar um enredo leve como esse e passar algumas horas se divertindo. Gosei muito da sua resenha. beijos.

    ResponderExcluir
  16. Ahhhh que delícia ! Os livrinhos de banca são um oásis no meio do deserto. Adooooro !
    Sua resenha me deixou com muita vontade de sair correndo pra ler. Acredita que eu tenho os livros aqui e ainda não li ?

    Bjsss

    ResponderExcluir
  17. Aaaah adoro esse livro! Livrinhos de banca são ótimos, há alguns que até mereciam edição de livraria! É ridículo gente que tem preconceitozinhos bobos com eles.

    ResponderExcluir
  18. Vc sempre falando tão bem dessa saga e eu nunca li nada dela =/
    Vou atrás!!!

    Andy_Mon Petit Poison
    @MPPoison

    ResponderExcluir
  19. Oi Hérida,
    Pela sua resenha tive a impressão que essa série é interessante, mas não me animei muito para ler!! Só de pensar no tanto de livro que tenho aqui em casa, fico muito mais seletiva com minhas escolhas!! hehehe
    Beijos
    Camila

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL