target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Lançamento: O Oásis Oculto (Paul Sussman)



Uma aventura de rara imaginação, em que o autor aliou realidade e ficção

Olá Pessoal,
Hoje apresento mais um lançamento de um de meus gêneros preferidos de leitura, os trhillers de suspense. São livros com enigmas, segredos a serem revelados, muito mistério e ação. Não consigo resistir. 

Paul Sussman, falecido precocemente em 2012, aos 45 anos, era considerado pela crítica um dos escritores de thriller mais inteligentes do século XXI. Assim como já ocorrido com O último segredo do templo (resenha AQUI), O oásis oculto comprovará ao leitor a técnica de um escritor em sua plena forma.

O Oásis Oculto de Paul Sussman logo será resenhado no blog. Enquanto isso, confira o release do livro: 


A trama desenrola-se em diversas localidades egípcias, com personagens cativantes e muitas pistas, às vezes falsas, às vezes verdadeiras. Quando o leitor tiver certeza de que decifrou todo o enigma, rapidamente vai se encontrar em completa escuridão. E aquele que aparentemente achar que se trata de um thriller longo devido às suas quase 600 páginas, vai se surpreender ao desejar mais ao fim da obra.

Egito, 2153 a.C. Um grupo de sacerdotes parte na calada da noite rumo ao deserto ocidental. Levam consigo um misterioso objeto. Semanas depois, após chegarem ao destino, todos eles cometem suicídio.
Albânia, 1986. Um avião decola da pista de pouso de Kukesi, no nordeste do país, com destino ao Sudão. A bordo, uma carga que mudará para sempre o destino da região. Em algum lugar do deserto do Saara, o avião desaparece. 

Deserto ocidental, dias atuais. Um grupo de beduínos descobre um corpo mumificado e semienterrado nas dunas do deserto. Com ele, um rolo de filme fotográfico e um obelisco de barro em miniatura, com um curioso símbolo gravado nos quatro lados. 

“Uma leitura rápida, de dar frio na espinha. O oásis oculto tem todos os ingredientes de uma aventura de James Bond e deixa o leitor em suspenso até o último capítulo.” (Sunday Business Post)
 
“O oásis oculto é um romance cinematográfico de tirar o fôlego, com seus mistérios permeados por arqueologia egípcia e história.” (Booklist)

Sobre o autor:
Paul Sussman, além de escritor, foi jornalista e arqueólogo. Fez parte da primeira equipe de escavações de novos sítios no Vale dos Reis desde que a tumba do faraó Tutancâmon foi descoberta em 1922. Seu primeiro romance, The Lost Army of Cambyses, tornou-se um bestseller mundial e foi traduzido para 28 idiomas. Pela Bertrand Brasil, publicou o também bestseller O último segredo do templo. Faleceu em 2012, aos 45 anos.


Trecho do livro:
“’Um wadi, em particular, o chamado wehat seshtat, o Oásis Oculto, parece ter merecido especial reverência. Embora as evidências sejam escassas, esse local parece ter continuado a ser um importante centro de cultos até o fim do Antigo Império, quase mil anos após o surgimento do Egito como nação unificada.’ (...)
— Finalmente — continuou ele quase aos gritos —, eu argumento que esse wadi misterioso e ainda não descoberto serviu de inspiração e modelo para uma série de lendas subsequentes de oásis perdidos no Saara, notadamente a lenda de Zerzura, a Atlântida das Areias, que o já mencionado Ladislaus Almasy passou grande parte de sua carreira procurando em vão.”
                                                                       (p. 47)

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL