target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

[Edição Portuguesa] “CREPÚSCULO DE NATAL” (Christine Feehan)

[Edição portuguesa]
Ela não conseguia identificá-lo, não fazia ideia do que seria, mas estava aterrorizada com a possibilidade de terem libertado algo perigoso. Horrorizada, observou o vapor escuro e feio a rodopiar pelo compartimento, depois a correr escadas acima em busca de liberdade, deixando para trás um frio gélido que a congelou até os ossos.
p. 54
~~~*~~~
Um legado de poderes misteriosos é o fardo, e ao mesmo tempo a dádiva, das sete irmãs Drake. Poderes que desafiam as forças da natureza são usados unicamente para fazer o bem. Sea Haven, uma cidade costeira no sul da Califórnia, sempre foi o lar dessa família, mas quis o destino que a vida das irmãs tomasse rumos diferentes…

Kate Drake é uma romancista de sucesso que regressou ao lar para as comemorações de Natal. Tocada pelo desejo de retornar à casa, Kate decide comprar um moinho em ruinas e transformá-lo em uma livraria.

Matthew Granite – um condecorado ex-Ranger, que atualmente trabalha como construtor – sempre cultivou uma paixão secreta por Kate. Ao saber que ela retornou à Sea Haven para ficar, soube que chegara o momento de lutar por esse amor. Matt se oferece para restaurar o moinho de Kate, mas algo sombrio surge para perturbar a paz da pequena cidade.
Um tremor de terra abre uma fenda nas estruturas do moinho, revelando a existência de uma antiga cripta coberta com estranhos símbolos. Kate não conseguia lê-los com clareza, mas reconheceu a escrita de suas ancestrais. Aquele local havia sido selado com magia e o tremor permitiu que alguma entidade escapasse de sua prisão. Algo nocivo e cruel…

Kate sabe que não é capaz de enfrentar tanta maleficência sozinha. Ela invocará todo seu poder, mas precisará da magia de suas irmãs para lutar contra a escuridão que ameaça destruir tanto o Natal de Sea Haven como o bem-estar da comunidade.
~~~*~~~
Crepúsculo de Natal, segundo volume da série Irmãs Drake de Christine Feehan, é um romance que aborda um dos temas que mais gosto…Bruxas. Aqui, a magia é algo que flui naturalmente – um legado de família. Adoro livros que apresentam as bruxas como pessoas com dons especiais e não com toda aquela afetação de poções e feitiços. Seus poderes, ou dons, são invocados através da troca de energia. Elas tiram forças dos elementos da natureza. Assim, o sobrenatural toma ares de natural… espontâneo.

Em Crepúsculo de Natal conhecemos a história de Kate Drake e seu par, o galã Matthew Granite. O romance do casal é muito terno. Kate e Drake são amigos desde a infância e sempre foram apaixonados. Mas ambos desconhecem a afeição que partilham, pois nunca tiveram coragem de declarar esse amor. O reencontro quando adultos e a descoberta que seus sentimentos são correspondidos é algo encantador.

A série possui uma sensualidade sutil, centrada no romance do casal protagonista. Como pano de fundo, temos um mistério sobrenatural envolvendo o Natal na cidade costeira de Sea Haven. A atmosfera mística em torno da cidade e a sensação de apreensão causada pela força sombria que atingiu a comunidade é tão envolvente, que quase pude sentir o denso nevoeiro vindo do mar e os ventos sussurrantes invocados por Hannah Drake.

Apesar de possuir quase 100 páginas a mais que Magia ao Vento, primeiro volume da série, Crepúsculo de Natal ainda é um romance conciso. A autora não se aprofunda nos personagens paralelos. Uma pena, pois eu adoraria destrinchar toda a implicância que existe entre Hannah e o xerife Jonas, por exemplo. Dois personagens que se engalfinham desde o primeiro livro.

Em alguns momentos tive a impressão que a autora demorou demais para apresentar um desfecho para o mistério da entidade que estava atormentando Sea Haven. Os ataques repetidos da criatura e a falta de uma evolução no mistério, tornou esse ramo da história cansativo com o tempo.

A manifestação dos poderes das bruxas, a magia elementar e o misticismo em torno das irmãs Drake, tem apelo suficiente para prender o leitor até a última página. Crepúsculo de Natal traz uma história cativante, que agradará aos fãs de magia e romances delicados.

Edição portuguesa. 

Feehan, Christine. Crepúsculo de Natal. Saída de Emergência, 2011. 239 p. (Irmãs Drake, Vol. 2)

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL