target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 10 de abril de 2013

“O ESCOLHIDO” (Sam Bourne)

Os americanos eram capazes de tolerar todo tipo de fraqueza uns nos outros – principalmente se fosse acompanhada de arrependimento e redenção –, mas não no presidente. Eles precisavam que seu presidente estivesse acima de tudo aquilo, que fosse mais forte do que eles. Poucos estiveram à altura desse padrão impossível. Mas a expectativa de uma nação que via o seu líder como um tipo de patriarca tribal nunca arrefeciam.
P. 45
~~~*~~~
Meggie Costello, uma ativista e negociadora especialista em conflitos do Oriente Médio, deixou de atuar em campo para ingressar na equipe de conselheiros do presidente recém-eleito Stephen Baker. Assim como boa parte dos americanos, Meggie deposita toda sua fé na índole de Baker. Afinal, ela ajudou a elegê-lo e confia no julgamento do povo.
Mas parece que nem todos estão contentes por Stephen Baker estar no poder… Um inimigo manifesta-se a toda nação e revela dois perturbadores segredos do passado do presidente. Esse homem é Vic Forbes. Enquanto todos ainda tentam formar uma opinião, Forbes ameaça revelar um terceiro segredo que promete implodir o governo de Baker. Porém, no dia seguinte, Vic Forbes é encontrado morto em circunstâncias suspeitas. A conveniência do falecimento de Forbes, faz com que desconfiem do chefe da nação.
Maggie é uma mulher com um grande senso de moral, o que a torna a candidata perfeita para ajudar o presidente dos EUA a limpar seu bom nome.

Mas será que Stephen Baker realmente esconde um segredo? Seu passado está tão manchado a ponto de se envolver em assassinato? Ou Vic Forbes foi morto para assegurar a derrocada da administração de Baker?
Acreditando no caráter de seu presidente, Meggie parte em busca da verdade. Porém, a medida que a investigação avança, ela se vê envolvida numa rede de corrupção que remonta às origens da República americana.
~~~*~~~
O Escolhido de Sam Bourne é um thriller político incrível. O autor conduz o leitor através dos bastidores da política americana. Aqui, tudo é ficção, mas o cenário apresentado por Bourne é muito palpável. Eu não ficaria surpresa se algo, como o que foi descrito nesse livro, realmente acontecesse.

A narrativa de Bourne é uma delícia: texto de fácil leitura, ágil e repleto de ação. Já havia lido do mesmo autor O Código dos Justos, mas achei O Escolhido melhor. Sou apaixonada por tramas de suspense repletas de intrigas, segredos sórdidos, jogos de influência, conspirações e traições. A Casa Branca é o palco perfeito para esse tipo trama.
Não encontrei nenhuma referência sobre os livros de Bourne serem parte de uma série, porém eu meio que “tropecei” na informação de que a protagonista Maggie Costello também aparece em O Último Testamento, um livro anterior a esse. Aparentemente, O Escolhido não tem relação com os outros títulos. Mas confesso que fiquei com a “pulga atrás da orelha”, pois só agora entendi as referências ao passado de Meggie e sua personalidade peculiar. Puta mancada! Não sei se minha – por não ter percebido que a personagem aparecia em um livro anterior – ou de quem não sinalizou os títulos como volumes de uma série. Afinal, se existe uma protagonista em comum, para mim, é série.

Meggie é inteligente, pensa e se adapta rápido às situações que lhe são apresentadas. Gostei muito das características de Maggie, ela é uma heroína forte e decidida e, ao mesmo tempo, frágil. Maggie não conhece as regras do jogo e, apesar de seus esforços, percebe que é apenas mais uma peça nesse tabuleiro.

Minha única crítica é sobre a forma como o desfecho foi apresentado. Bourne optou por deixar o leitor à margem de alguns acontecimentos. Não vou entrar em detalhes, mas é como se o autor nos colocasse para fora da sala onde as decisões importantes são tomadas e, posteriormente, apenas nos revelasse o que foi decidido.

Enfim, um thriller muito bacana. Se você gosta de tensão, artimanhas políticas e jogos de poder… O Escolhido é imperdível.

Bourne, Sam. O Escolhido. Record, 2012. 448 p.

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL