target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

“EQUADOR MORTO” (Manuel Alves)

Edição Portuguesa
Marco passou os dedos nas letras da etiqueta de metal mutável fixada nas costas da luva direita. << Marco Lopes/ 100% Humano >>. Os sensores do fato hermético mediam-lhe os sinais vitais e a memória do metal traduzia os impulsos na informação mais importante de todas. 100% Humano…
p. 01
~~~*~~~
Sinopse:

Muitos anos depois de criaturas lendárias terem surgido na Terra e dominado todo o hemisfério norte, a Humanidade vive apenas no hemisfério sul, escudada por uma barreira construída à volta do mundo, sobre a linha do Equador.
Uma equipa de reparações é atacada numa missão a norte da barreira e o capitão Marco, o único sobrevivente, só quer regressar a casa.
~~~*~~~
Equador Morto – do autor português Manuel Alves – é um conto de ficção científica muito bacana. Conheci o autor através da resenha de “Z” – outro conto que foi resenhado pela Nanie – e achei que valeria a pena conhecer suas histórias. O autor possui vários contos gratuitos e estão disponíveis nas principais livrarias virtuais – Kobo, Nook, Sony Store, Amazon, e Apple Store. Para quem não possui um e-reader ou tablet, os contos de Manuel Alves também estão disponíveis em PDF no site Smashwords.

Não vou revelar muito do enredo, pois o conto é bem curtinho e não quero correr o risco de soltar spoilers. A narrativa de Manuel Alves é muito gostosa, fluida e bem realista. O autor não é gentil com as palavras, pelo contrário, sua escrita possui um toque ríspido. O texto apresenta uma linguagem um tanto grosseira – de baixo calão – em algumas cenas, mas achei dentro do contexto da história. Eu também iria praguejar com fervor se tivesse na mesma situação que o protagonista.

Equador Morto apresenta um cenário obscuro sobre o destino da humanidade num futuro pós-apocalíptico. Aqui, o planeta está dividido na linha do equador, onde ao norte da linha só há devastação e ao sul os humanos vivem confinados dentro de uma zona de segurança. Mas do que os humanos tentam se proteger? O enredo apresenta um toque de fantasia, dando vida a uma criatura mitológica de forma bem interessante. Três personagens participam da história e conseguem – mesmo em poucas páginas – atiçar a curiosidade do leitor.

Fiquei apreensiva com o futuro sombrio reservado ao capitão Marco, esperançosa em relação ao sucesso do projeto desenvolvido por sua esposa e curiosa sobre “como” sua companheira inusitada conseguiu manter-se sã.
Eu gostaria muito que Equador Morto fosse apenas o prelúdio de uma história maior, pois fiquei com um gostinho de quero mais!!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL