target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

“METAMORFOSE?” (Gail Carriger)

Lady Maccon passara longas horas encasquetada com aquele bigode. Os lobisomens não envelheciam, e seus cabelos tampouco cresciam. De onde é que aquele teria vindo? Será que ele sempre o tivera? Por quantos séculos o pobre buço do sujeito tivera de aguentar o fardo de tamanho matagal?
p. 42
~~~*~~~
(contém spoiler para quem não leu Alma?)
 
Alexia Tarabotti não é mais uma solteirona encalhada. Quem poderia imaginar que uma mulher de pele morena, nariz avantajado, cabelos escuros, curvas acentuadas e, para completar... uma preternatural, iria se casar? Pois o que parecia impossível aconteceu.

Lorde Maccon – o lobisomem mais temperamental, lindo e tentador de Londres – se apaixonou por ela. Agora, chamava-se Alexia Maccon - a fêmea Alfa da Alcateia de Woolsey.
Porém, seu novo status de esposa do Conde Woolsey não afastaria os problemas. Numa tarde, ela é acordada por uma gritaria. Seu marido está transtornado pela notícia que acabara de receber. Algo de muito importante estava acontecendo.

Os sobrenaturais de Londres foram infectados por uma “humanidade” transitória. Lobisomens, fantasmas e vampiros perderam seus atributos sobrenaturais de uma hora para outra. Uma condição perigosíssima, já que todos se tornaram mortais nesse período. O que poderia ter causado essa alteração? Seria alguma doença ou uma arma desenvolvida para deixar a população sobrenatural vulnerável?

Já que Alexia é uma preternatural e, até onde todos saibam a única capaz de exorcizar os sobrenaturais, ela se torna a primeira suspeita de estar causando tal problema. Mas logo essa hipótese é descartada, e Alexia é incumbida de desvendar a origem da humanização em massa.
Munida de sua extravagante sombrinha, ela parte em busca do culpado. Seguindo pistas até à Escócia – terra natal de seu esposo – Alexia é arrastada por uma investigação repleta de armadilhas.
Agora, além de desvendar esse mistério, Alexia terá que lidar com um astuto espião.
~~~*~~~
Metamorfose? é o segundo volume da serie O Protetorado da Sombrinha de Gail Carriger. Uma das característica mais sedutora dessa série é o toque irresistível de humor. Outro ponto interessante é o conceito sobre a existência ou não de alma, onde a mesma – e sua quantificação – é o ponto-chave da trama.

Alexia é uma personagem forte, atrevida e que não segue à risca as convenções sociais. Ela fala o que pensa, é geniosa e um imã para problemas. Adoro a personagem, pois Alexia é muito perspicaz. O casal Alexia e Maccon possuem uma química interessante. A paixão é perceptível, mas eles vivem se alfinetando.
Como no primeiro livro – Alma? – a história é ambientada na Inglaterra vitoriana, mas dessa vez a autora narra também grande parte da trama na Escócia - terra natal de Lorde Maccon. É nesse local que conhecemos um pouco mais do passado do alfa da alcateia de Londres e sua família excêntrica. Achei o início um pouco lento, mas no transcorrer do livro a história se torna cada vez mais envolvente.

Personagens secundários que foram apresentados no primeiro livro, retornam aqui com um maior destaque. Ivy Hisselpenny, a amiga de Alexia que adora chapéus cafonas e o zelador de Maccon, Tunstell, são exemplos. Ivy parece confusa e excêntrica, mas é muito divertida. Novos personagens também são incluídos, muitos até, e vale citar a Madame Lefoux – uma mulher inventora que se veste como homem e que parece esconder muitos segredos.
O enredo do livro tem como foco uma misteriosa “humanização” em massa. Então, mais uma vez, a nossa heroína corre em busca de respostas.
Porém, a história construída em torno desse mistério teve uma evolução bem previsível. Antes mesmo de tudo ser colocado às claras, eu já havia percebido qual seria o rumo que a autora iria tomar. Foi tão óbvio para mim! Mesmo assim, toda confusão e perigos que Alexia precisou enfrentar foram muito divertidos.

Agora, o final do livro foi enervante. No bom sentido, claro. Sofri por causa de Alexia. Vocês precisam ler para entender, só posso adiantar que fiquei de coração partido. Preciso da continuação urgente, não me aguento de curiosidade.

Metamorfose? é um steampunk sobrenatural original, e Gail Garriger conseguiu dar uma cara nova a temas que já foram muito abordados na literatura. Leiam, porque vale a pena conhecer.




Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL