target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

domingo, 28 de março de 2010

"DOMÍNIO DOS DEUSES" (Lynn Bartlett) - Maratona de Banca

Quando decidi participar da Maratona de Banca, tentei escolher livros que fossem ligados aos gêneros literários que mais gosto. São tantos títulos interessantes, que fiquei muito tempo indecisa. E março é o mês dos romances históricos.
Minha escolha não poderia ter sido melhor. Domínio dos Deuses me surpreendeu.
Retrata com muita propriedade um período histórico fascinante. A trama tem como pano de fundo a revolta da rainha Boadicea contra a ocupação romana. Boadicea governava os icenis, tribo celta da antiga Britânia, e foi responsável pela união de varias tribos celtas, e liderou a maior rebelião contra o império.

Para a minha total felicidade, o livro se encaixa mais no gênero dos épicos militares do que propriamente romance.
Já li muitos dos chamados romances épicos, maravilhosos, e vocês podem perceber a minha paixão por eles aqui, aqui e aqui. Todos escritos por homens, com batalhas emocionantes, músculos retesados, e inimigos impiedosos. Neste livro, todos esses elementos também estão presentes, mas há uma diferença...foi escrito por uma mulher.
Lynn Bartlett nos presenteia com uma narrativa menos pungente e mais atrativa. Lemos sobre um momento conturbado, mas com uma pitada de rosa. Ela conseguiu introduzir romance em pleno acampamento de guerra. No inicio eu pensei que seria inverossímil. Quem pensaria em amor durante a fome e aflição? Pois bem...não é.
Esse romance não ocorre de forma fácil e urgente. É um amor cruel, sofrido, que não traz contentamento e sim, dor. Mas com o desenrolar da historia os sentimentos se transformam lentamente, chegando a ser amargurante.
****


Ainda sonolento, Cedric se lembra do sonho que acabara de ter. É sempre o mesmo sonho, há aproximadamente vinte anos.
Será que algum dia se livraria dessa doce tortura?
Uma bela mulher atormenta seu sono, não a conhece, mas a deseja intensamente. Os sonhos são proféticos, por mais que tente fugir de seu destino, o encontro é inevitável. Ele resiste, não quer acreditar, mas não consegue se afastar daquela que enfeitiçou seus pensamentos.
Esta mulher é Lívia.

Lívia é uma nobre romana, foi criada na Bretanha e fala fluentemente tanto o idioma nativo, quanto o latim. Tem uma vida pacata em Venta Icenorum, cidade tribal dos icenis, agora sob o domínio de Roma. Os icenis foram conquistados à força, o imperador acredita no domínio pelo terror.
Diferente de outros romanos, Lívia se sente à vontade com os nativos e discorda do tratamento empregado àqueles que se opõe ao império.
Mas uma revolta está prestes a eclodir, os icenis estão dispostos a tudo para recuperar a liberdade e devolver suas terras à regência da rainha Boadicea.

A compaixão de Lívia pelos icenis, faz com que cometa um ato público impensado. Ela não imaginava que isto acabaria salvando sua vida.
Em um piscar de olhos perdeu sua família, deixou de ser uma nobre romana, senhora de si, para se tornar uma escrava.
Nas mãos do inimigo, o futuro era inserto. Inesperadamente, fez amigos, mas também poderosos adversários.
O destino parecia estar conspirando contra sua felicidade e bem-estar. Apesar de ter o dom da visão, não previu que seu captor estava predestinado a ser seu carrasco e amante.
Não queria, mas se apaixonou por seu inimigo.

E quando se sentia feliz, e tudo parecia bem...a vida lhe reservou mais uma grande surpresa. Mais uma vez, Lívia terá que lutar para encontrar a paz e a felicidade tão merecida.

Agora, ela deverá ser mais forte que nunca, se quiser se manter sã e viva.
****
O que me deixou intrigada é que o livro não possui características dos chamados "livros de banca". Sua historia é mais complexa e aborda vários temas, como: escravidão, crueldade, preconceito, além de ocultismo. Lemos sobre rituais pagãos, sacrifícios humanos e visões proféticas.
Bem...não sou entendida, mas acho que ele está fora do contexto dos livros neste formato. Ele tem romance, mas tem muito mais drama e intriga.
Domínio dos Deuses é um livro bem descrito, com a história se entrelaçando à ficção de forma coesa. Rico em detalhes e com uma narrativa cativante.

Os personagens provocaram sentimentos conflitantes, em muitos momentos senti um ódio mortal por Cedric e fiquei decepcionada com Lívia, em outros, senti compaixão e carinho. Os dois vivem uma odisseia, a personalidade forte de ambos acaba muitas vezes causando mágoa e ressentimento. E assim, passam muito tempo afastados.
Cédric é um soldado valente, turrão (sua palavra é lei), teimoso, orgulhoso e muito severo. Muitas vezes, esses adjetivos o tornam um bárbaro. Mas percebemos que sua maneira de agir é a única que ele conhece. Ao longo do livro ele amadurece e percebe que está se afastando Lívia. Ele consegue se redimir.

Lívia é uma mulher forte, não facilita as coisas para Cédric. Mas durante um período da história, ela se entrega. Deixa seu lado de mulher guerreira e se torna a escrava obediente e humilde.

Domínio dos Deuses é um livro longo para o formato de banca, achei que merecia uma edição de livraria.
Para quem gosta de romances no estilo épico militar, mas com um romance ora delicioso, ora frustrante...não pode deixar de ler.

16 comentários:

  1. Olá, Hérida, o blog Dominus em parceria com a Loja do Altivo estará sorteando o livro O Último Trem Para Istambul de Ayse Kulin. Participe!
    http://dominus-dominique.blogspot.com/2010/03/loja-do-altivo-dominus-enviam-o-ultimo.html

    Um abraço pra ti!

    ResponderExcluir
  2. Oii Hérida!
    Nunca tinha visto esse livroo, mas ele parece ser ótimo! :)
    Adorei sua resenha!! :D
    beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi, Hérida!!

    Fiquei fora dessa maratona... dinheiro tá curto:(

    quem sabe ano que vem eu entro!!

    bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu não sou muito fã de livros que envolvem batalhas...
    Mas esse parece ser bom... vou anotar a dica...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  5. Com certeza, um dos melhores clássicos da Literatura Romântica, eu li e ameiiiiii, está guardado a 7 chaves, não empresto, nem mostro as amigas se não já viu!
    kkkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  6. Esse livro está na minha lista há um tempão... mas me falaram que ele é do tipo que te faz chorar... e chorar... e chorar..... Aí, como sou manteiguinha derretida, só fui adiando (medo de sofrer, hehe). Mas ainda leio ele!!!

    ResponderExcluir
  7. Eu já li o livro e realmente ele é muito bom.

    Trecho:
    O que me deixou intrigada é que o livro não possui características dos chamados "livros de banca". (...).
    Bem...não sou entendida, mas acho que ele está fora do contexto dos livros neste formato.


    Gostei muito que você comentasse esse seu sentimento, porque algo que tento sempre mostrar no meu blog é que romance de banca não é sempre a mesma coisa. Alguns formatos possuem uma temática que se repete como sabrina, desejo,... nada contra isso. Eu mesmo gosto de ler de vez em quando para relaxar...

    Mas romance de banca não é só isso. Existem muitos outros formatos de livros que são diferentes.

    O formato Clássicos da Literatura Romântica tem livros que poderiam sair em padrão livraria, outro livro muito interessante nesse formato é Amor Cativo da Nicole Jordan. Nicole Jordan que ano passado teve seu livro Sedução lançado em formato de livraria.

    Os Formatos Clássicos Históricos Especial e o Clássicos Históricos da Nova Cultural também possuem livros que lá fora fizeram sucesso e até poderiam sem lançados em formato de livraria. Na Escuridão da Noite da Kathryn Smith , livro do selo Essência (livraria), faz parte de uma série . Um dos livros da série saiu num livro de banca no formato Clássicos Históricos, Ainda te Amo...

    Então o que quero dizer é que na realidade romance de banca não é tudo a mesma coisa desde que você saiba que formato ler. Além desses formatos, a Harlequin Books possui o Rainhas do Romance, o Rainhas do Romance Histórico, Estrelas do Romance e alguns duetos que também são diferenciados.

    bjos

    ResponderExcluir
  8. Obrigado pela dica vou deixar uma tmb....o livro A Ordem é Amém de john Chelh eu li e fiquei encantada com o livro pois ele fascinante muito bom mesmo...espero que gostem!!!

    eu o achei no site: www.seteseveneditora.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossaa, o livro parece ser bom mesmo!
    Uma ótima dica.

    Adorei o bloooog *-*

    Beijos, Hérida!

    ResponderExcluir
  10. Oi Herida!
    Nao sei se vc le em ingles, mas estou sorteando um livro no meu blog.
    Se vc tiver interesse passa la!
    Obrigada.
    http://wishingabook.blogspot.com/2010/03/promocao-shiver.html

    ResponderExcluir
  11. Olá, querida tem selinho no blog pra você.


    http://apaixonadaporromances.blogspot.com

    Beijo!

    ResponderExcluir
  12. Menina, a capa desse livro não me é estranha.. acho que já li, muito tempo atrás... não lembro, rs..

    Ótima resenha, bjs!

    ResponderExcluir
  13. Me interessei muito por esse livro e pelo comentário da Tonks, porque todos os livros que banca que pego para ler são mais do mesmo. Chega a irritar.
    Esse livro parece ter tudo o que eu gosto (assim como você, adoro histórias épicas - vide o nome do meu blog) e com o "plus a mais" de ter o romance. Sinto falta de uma história assim.
    Na mesma linha, li um outro dia que se chama "O Encantamento". Se passa numa aldeia Viking e, apesar de ter alguns elementos que não me agradaram, saiu muito do padrão dos livros de Banca que andei lendo.
    Enfim, vou ver se encontro esse livro :D

    ResponderExcluir
  14. Aim.. eu amo demais ese livro!

    É um dos mais perfeitosque já li, e também o que deu o pontapé inicial em todos os Ch e CHEs da vida!! ^^

    li seu comentário que a Tonks elucidou, econcordo inteiramente... livros de banca tem muitas variedades e vertentes: não tem que ser, viade regra, apenas açucarados....
    kkkkkkkkk

    espero que vcleia mais, e resenhe aqui, pq vc resenha muitooooooooooooo bem!!!!!!
    E eu adoro quando voiu aos blogs e leio resenhas de livros de bancas, assim ajuda a dimunuir um certo "preconceito" que percebo por esses livros!!!

    bjus no ♥

    ResponderExcluir
  15. eu amo esse livro.
    é mt gostoso de ler.
    a gente se envolve na história que poderiámos passar horas e horas lendo o livro.
    é muiiitoooooooo bom.
    tb recomendo

    ResponderExcluir
  16. Galera, eu estou procurando o livro DOMINIO DOS DEUSES de LYNN BARTTLET. Quem souber onde eu posso encontrar me avisa, tá? Bjs!!!
    maninha31@bol.com.br

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL