target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

“TOURO”– Boudica (Manda Scott)


O que é pior: viver quando a vida é insuportável, ou morrer cedo demais, quando ainda arde a chama do coração?
O que é melhor: morrer e escapar das ameaças de sofrimento dos deuses e dos homens, ou viver para assistir à beleza de outro amanhecer?
Quem tem o direito de fazer essa escolha por outra pessoa?
Ninguém.
O mundo se abriu aos pés de Breaca e não forneceu resposta…
Pag. 280

Boudica – A Portadora da Vitória –  se tornou a líder e o alicerce de um povo contra o Império Romano. Seus cabelos vermelhos são o seu estandarte, é respeitada pelas tribos…temida e odiada pelo inimigo. Conheça Touro, segundo volume da série Boudica escrita pela autora Manda Scott.
~~~*~~~
Pode conter spoiler para quem não leu o primeiro livro da série

A primeira batalha contra a invasão romana durou dois dias. Breaca liderou um ataque que esmagou as fileiras romanas e libertou Caradoc que estava cercado. Foi então que ela conquistou o nome pelo qual a conhecemos: Boudica, a Portadora da vitória. As tribos teriam combatido sem descanso, até que todos morressem ou saíssem vitoriosos. Mas os deuses julgaram de outra maneira. Uma legião completa surgiu pelo rio e não houve como impor resistência. As tribos perderam sua primeira batalha, mas a guerra ainda não chegara ao fim…

Bán, irmão de Breaca, observava a luta à distância. Foi nesse fatídico dia que seu mundo ruiu, ele descobriu que sua família estava viva. Mas era tarde demais para arrependimentos. Bán, o menino iceni não existia mais, agora só restava Julius Valerius - oficial da cavalaria romana. Breaca desconhecia a verdade e continuava a acreditar que seu irmão estava morto.

Quatro anos haviam se passado e a determinação de Roma em conquistar a Britânia continuava inflamada. Julius Valérius usou todo seu conhecimento sobre os costumes das tribos para auxiliar as investidas do Império Romano. Enquanto enfrentava os fantasmas de seus antepassados e lutava contra o desequilíbrio emocional, ele se afastava cada vez mais dos valores que um dia lhe foram caros…integridade e indulgencia. Estava dominado pelo rancor. Com sua crueldade, Valérius conquistou o ódio e o temor das tribos.

Breaca e Caradoc se tornaram companheiros e dessa união nasceu Cunomar, uma criança que carregava nos ombros o peso da importância de seus pais para as tribos. Ele invejava sua meia-irmã Cygfa que já empunhava uma espada, e sonhava em se tornar um guerreiro valoroso. Com seu egoísmo infantil, Cunomar desejava que a guerra não acabasse antes que pudesse lutar e matar seus inimigos. Mas seu desejo de estar frente a frente com os romanos, não tardaria a se realizar.

Os bárbaros planejaram uma emboscada contra o exército de ocupação e, finalmente, Cunomar assistiria à batalha ao lado do guerreiro Dubornos. Se os deuses permitissem, ele entraria na batalha como menino e sairia como homem. Mas esse não foi seu destino. A sombra da derrota e da traição mais uma vez caiu sobre eles e, Cunomar, Dubornos, sua irmã Cygfa, seu pai Caradoc e a guerreira Cwmfen foram capturados como reféns por Valérius.

Levados para Roma, provavelmente seriam subjugados, mas jamais humilhados. Caradoc mostrará aos romanos o significado do amor pela família, do orgulho e da honra de um povo que jamais se dobrará à vontade de um Imperador. Valerius enfrentará seus demônios e percorrerá caminhos traiçoeiros. Através de sua fidelidade cega ao imperador, ele acabará indo de encontro ao que mais o atormenta. Ele descobrirá que não há como fugir dos fantasmas do passado.
~~~*~~~  
Sonhos: esta é a palavra de ordem e que move essa série de ficção histórica. Além de “Boudica” apresentar fatos fundamentados na história, a fantasia revela-se através de visões e profecias. Manda Scott escreve de forma envolvente e, mesmo com o componente fantástico, eu entrei na vida dos personagens como se tudo fosse possível e real. Bem…estou encantada com a série.

Enquanto o primeiro livro é mais introdutório, abordando o crescimento e os acontecimentos que moldaram o caráter de Breaca; "Touro" mostra o conflito de duas culturas, a brutalidade para impor obediência, a bravura das tribos no combate e na defesa de sua independência. Aqui, as mulheres são guerreiras, líderes e participam ativamente da guerra. São reverenciadas e respeitada como iguais no campo de batalha. É maravilhoso vê-las empunhar a espada, enquanto a descrença está estampada no rosto dos romanos. 

“Touro” é o livro de Bán, sua perspectiva predomina. O garoto que sonhava em ser guerreiro, mas que a vida lhe reservou um destino cruel. Em “Águia”, aprendemos a amá-lo, respeitar sua força e determinação. Porém, nesse segundo livro, Bán não é mais o mesmo. Seu coração foi destruído, sua ligação com seu povo partida e sua mente está obcecada por vingança. Sofri horrores por causa de Bán! Por acreditar que foi traído, ele renega todo seu passado e se transforma em Valérius. Durante todo o livro cultivei a esperança dele acordar e enxergar a verdade, de Bán se reconciliar com os deuses e seus próprios fantasmas. Por outro lado, devo reconhecer que foi esse desencontro de Bán com suas raízes que tornou o livro tão emocionante. Sim, é aflitivo e angustiante, mas também muito empolgante.

A hostilidade declarada nos faz pensar…quem realmente é o bárbaro? As tribos celtas que lutam pela honra e direito à liberdade, ou os romanos que oprimem pelo simples prazer da conquista e dominação?
“Touro” é uma história de coragem, traição e desilusão; de videntes e guerreiros, onde as vitórias são ungidas com sangue e a morte a única esperança contra a escravidão...

Scott, Manda. Touro. Record, 2011. 488p. (Boudica, Vol. 2)

21 comentários:

  1. UAU, to querendo muito esse livro, já que tenho o primeiro livro e to ansiosa para ler.
    Pena que o livro é um absurdo de caro, preciso pegar uma promoção, ai aproveito e compro logo o 3° também!
    Espero a resenha do próximo aqui no blog, com certeza vc vai ler, ai sim, terei noção de quanto essa série vai me custar, kkk

    Amei sua resenha Hérida, como sempre, vc passa emoção nas suas palavras.

    ResponderExcluir
  2. ei Hérida,
    parece ser um livro muito bom, mas forte.
    Ainda pretendo ler prque suas resenhas me convencem, kkk.

    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Ei Hérida,

    Duvida mortal se começo ou não esta série, o tamanho do livro e a parte introdutória do primeiro me desanimam, mas suas resenhas me deixam tãooo curiosa rsrs.

    bjo
    Nanda

    ResponderExcluir
  4. Mais uma série que não conhecia. Está ficando caro visitar os blogs, sempre aumentam minha lista de compras.

    Gostei muito da resenha e da história do livro. Adoro essas histórias com personagens fortes e que entram nas batalhas. Espero poder ler um dia.

    Beijos
    Conjunto da Obra

    ResponderExcluir
  5. Oi Hérida!
    Ainda não li o 1º livro, acho que a história não me atraiu muito... Mas pode ser só impressão minha ^^
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Olá!

    Parabéns pelo blog!

    Já estou seguindo =D

    Aguardo sua visita ao meu..

    http://andersonmenger.blogspot.com/

    Abraços,

    Anderson Menger

    ResponderExcluir
  7. Ei Hérida,

    Duvida mortal se começo ou não esta série, o tamanho do livro e a parte introdutória do primeiro me desanimam, mas suas resenhas me deixam tãooo curiosa rsrs.

    bjo
    Nanda

    ResponderExcluir
  8. Oi Hérida!
    Eu adoro romances históricos. Estou muito curiosa com essa série. Parece ser ótima.
    BJs

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito esse livro!

    ResponderExcluir
  10. Quero muito ler essa série. Sua resenha está perfeita, Hérida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Gostei bastante da capa e pela sua resenha parece ser bacana, só não sei se leria agora. Minhas lista está gigante e o tempo para ler os livros dela está quase inexistente.

    beijos!

    ResponderExcluir
  12. CARACA!!!!!
    Com uma resenha tão empolgada como essa é impossível resistir!!!
    Apenas lendo sua resenha, fui capaz de imaginar as batalhas e todo o sofrimento da Bán.
    Parabéns!!!
    Adorei!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Essa série deve ser muito legal mesmo, Hérida!

    Boa questão essa do final: Muitas vezes imaginei os Romanos como os veradeiros barbaros de inumeros ataques e guerras que aconteceram. Pois os povos nórdicos, apesar de sua cultura com valores tão diferente, lutavam baseado em seus ideias.

    Adorei a da resenha! Li mesmo não lendo o primeiro livro, o que me deixou mais curiosa! =)

    bjuss

    ResponderExcluir
  14. Oi Hérida =)
    Tô doida para ler esta série, amo romances históricos bem fundamentados.
    Bjs
    Alê

    ResponderExcluir
  15. To adorando o blog. e to querendo muito ler esse livro amei a resenha ,parabéns ,bjss.

    ResponderExcluir
  16. Acabei de conhecer seu blog. É lindo!!
    Quanto ao livro, nunca li épicos históricos, mas morro de vontade. Adorei a resenha e vou colocá-lo na lista de desejos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha,a série parece ser mto interessante!
    Bjinhus

    ResponderExcluir
  18. Adoro livros que tratam de acontecimentos em epocas mais antigas... :) livro interessante. bjuss

    ResponderExcluir
  19. Essa série parece muito interessante! Tenho muita vontade de ler =D

    ResponderExcluir
  20. Vixi! Se tem spoiler então nem vou ler!rsrs

    Mas a capa é linda, hein???

    Beijinhooos!
    Mariana Sampaio
    Blog Tijolinhos de Papel

    ResponderExcluir

Seu comentário é muito importante para mim. Obrigada pela visita e volte sempre.

- Comentários que não tenham relação com a postagem serão removidos.
- Caso queira se comunicar comigo, envie sua mensagem pela opção contatos no menu do blog ou pelo email localizado na sidebar.

Nos encontramos no próximo post!

Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL