target="_blank">Some alt text
Promoções
target="_blank">Some alt text
Leitura Recomendada
target="_blank">Some alt text
Lançamentos e Eventos
target="_blank">some alt text
Escolha do Leitor
target="_blank">some alt text
Conheça o Autor
target="_blank">Some alt text
Livros Importados
target="_blank">Some alt text
Digno de Nota

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

[ADAPTAÇÃO] Meu Namorado é um Zumbi - Warm Bodies


Primeiro, que raios de título é esse? Não consigo entender como o livro Sangue Quente se transformou em Meu Namorado é um Zumbi. É de doer… Toda vontade que eu poderia ter em assistir à adaptação cinematográfica do romance de Isaac Marion começou a esvair aí. Porém, esse  não é o real motivo para meu desinteresse.

Bem… li muitas criticas em relação à história, pois muitos acreditam que o autor desvirtuou os zumbis ao conferir a característica de racionalizar sua condição e, posteriormente, amar. Porque vampiro pode brilhar e zumbi não pode pensar?

Quando li Sangue Quente eu adorei o livro, de verdade. Não pelo romance presente na história, mas pelo teor do texto. Para mim, o autor usou de um zumbi para discutir a condição humana. O livro é repleto de reflexões existenciais. É através de “R” – um morto-vivo – que somos levados por considerações sobre a vida e a morte.

Confesso que levei um susto ao assistir o trailer de Meu Namorado é um Zumbi. Tive a nítida impressão que o filme ficou com um tom de sátira, uma comédia sobre zumbis. Claro que ler uma cena não exerce o mesmo impacto que assistí-la. Então, bateu a dúvida… será que eu entendi a proposta do livro de forma errada? Porque não é possível terem desvirtuado a história tanto assim.
Então, decidi que vou ficar com minha visão ingênua de Sangue Quente. Não vou assistir ao filme. Sou rebelde! rsrs
Se mais alguém leu o livro, me diz o que achou. Ah! Leiam a resenha de Sangue Quente, publicado pela editora Leya, AQUI. Vocês vão perceber o quanto gostei da história.

Sinopse de Meu Namorado é um Zumbi (Warm Bodies): Ninguém sabe muito bem como começou. Tudo o que se sabe é que um dia, os mortos começaram a não morrer do jeito que deveriam, e ganharam uma “pós-vida”. Um desses “mortos-vivos” é R (Nicholas Hoult), um zumbi que mora em um aeroporto abandonado e vive caçando humanos para se alimentar. Porém, ao ingerir o cérebro da sua vítima (uma fina especiaria), os zumbis têm acesso temporariamente à memória daquelas pessoas. E é justamente em uma dessas caçadas que R se vê dentro na mente de Perry, um dos humanos resistentes. Só que esta vez é diferente das outras… A atração pela mente do rapaz é tão forte, que ele reconhece – e salva – Julie (Teresa Palmer), uma menina que estava junto com o grupo atacado. Contrariando todas as probabilidades, ele leva a garota para o seu esconderijo e promete protegê-la. A partir daí, passamos a conhecer um lado mais humano do personagem.

Elenco: Nicholas Hoult, Teresa Palmer, John Malkovich, Analeigh Tipton, Lizzy Caplan, Dave Franco, Rob Corddry, Cory Hardrict, Ayisha Issa, Justin Bradley.
Direção: Jonathan Levine
Estreia: 1º de Fevereiro de 2013



Postagens populares

seguidores

LENDO NAS ENTRELINHAS Copyright © - Todos os Direitos Reservados

desenvolvimento EMPORIUM DIGITAL